Moda

Veludo é protagonista de desfile da Armani, na Semana de Moda de Milão

AFP
O veludo foi o protagonista do desfile da Giorgio Armani imagem: AFP

Depois de inúmeros desfiles de grandes grifes, como Gucci, Fendi, Prada, Moschino, Versace e Salvatore Ferragamo, a Semana de Moda de Milão chegou ao fim nesta segunda-feira (29). O encerramento coube a um evento sobre sustentabilidade na moda.

No entanto, o que realmente marcou a despedida do evento foi a coleção feminina Inverno 2016 da Giorgio Armani. No desfile, o veludo foi o protagonista. "Compramos uma pequena fábrica", brinca Armani referindo-se à abundância do material nos looks, principalmente em preto.

Calças com o tecido apareceram em vários modelos, como croppeds, tapareds, pantalonas (ou wide legs), culotes e de tracking. Com elas, as modelos também usavam jaquetas croppeds e tops de renda com cristais e capas e casacões de lã e de veludo para os looks de dia.   

O preto foi combinado principalmente com o branco e o cinza e com alguns tons mais pasteis de rosa, azul e verde nos padrões geométricos e florais e nos tweeds de seda presentes principalmente nos casacos e nas calças, oferecendo à coleção um ar bem mais nude, neutro e sóbrio do que as anteriores. Já para os looks de noite, os vestidos compridos, com bordados, transparências e cristais foram as principais opções.   

"Moda é um sonho, mas não pode ser um sonho constante se não você pega no sono", explicou o estilista. O conceito de "usabilidade", ou seja das peças serem criadas para o dia-dia da mulher, aliás, foi bem utilizado durante toda a semana de moda da cidade italiana.

Topo