Moda

"Vogue" russa causa polêmica ao colocar suposta amante de Putin na capa

 

A edição russa da revista "Vogue" chegou às bancas nesta quarta-feira (15) trazendo na capa a ex-ginasta Alina Kabayeva, 27, que é tida como a suposta amante do primeiro-ministro Vladimir Putin.

Putin nega a relação com Kabayeva, assim como nega as informações de que teria se divorciado da sua esposa, Lyudmila Putina, com quem tem duas filhas.

A ex-atleta, que conquistou o ouro na Olimpíada de 2004, também é parlamentar no partido de Putin.

Na foto estampada na capa da revista, Kabayeva aparece com as mãos no quadris, usando um vestido feito com fios de ouro no valor de US$ 33 mil. Sobre sua foto, lê-se a frase “Sua maior vitória”.

A decisão da nova editora da "Vogue", Viktoria Davydova, é considerada polêmica e tem potencial de irritar Putin.

Segundo o jornal britânico "The Daily Telegraph", os rumores da relação extra-conjugal começaram em 2008, quando um jornal controlado pelo bilionário russo Alexander Lebedev citou uma fonte que insistia na veracidade da história.

Logo depois, Lebedev fechou a publicação, alegando que ela não estava dando lucro, justificativa contestada por muitos, que acreditam que a verdadeira causa foi a pressão do premiê.

Topo