Moda

Roupas feitas de lixo são estrelas de projeto de artístico

Caitlin Margaret Kelly
Foto do projeto Avantgarb(age) da artista plástica Aidana Baldassarre e da fotógrafa Caitlin Margaret Kelly imagem: Caitlin Margaret Kelly

Aidana Baldassarre trabalha com materiais descartados, transformando embalagens PET, câmaras de bicicletas e plástico em roupas. Tecidos que fábricas jogavam fora também eram reaproveitados.

Em um desfile de suas roupas inusitadas, há cerca de um ano e meio, em Buenos Aires, Baldassarre conheceu a fotógrafa Caitlin Margaret Kelly, que se interessou pela abordagem. Daí nasceu o projeto Avantgarb(age), uma brincadeira com a palavra “garbage” (lixo em inglês).

A dupla lançou um livro com as fotos e agora planeja reeditá-lo em papel reciclável. “Quero mostrar como é possível transformar as coisas e que tudo tem algo de beleza”, disse Baldassarre à BBC Brasil.

Ela e Kelly ressaltam que escolheram “pessoas comuns”, e não modelos, para vestir as roupas. “Em primeiro lugar, (o objetivo) é promover um corpo saudável com uma paixão que os conecta com o âmago do projeto”, escreveu Kelly.

Topo