Moda

Fotógrafo captura os diferentes estilos dos ciclistas em Londres

Horst A. Friedrichs
Yang posa para Horst A. Friedrichs com sua Evisu X Grand 1888. A foto está no livro "Cycle Style" imagem: Horst A. Friedrichs

Um fotógrafo alemão pedalou 5 mil quilômetros em um ano para registrar imagens de alguns dos ciclistas mais interessantes da capital britânica.

"Sempre fui fascinado pela enormidade da subcultura ciclista de Londres. Eu adoro a substância que se encontra na cidade, as diferentes origens, as roupas únicas, não se encontra isso em qualquer cidade", disse Horst A. Friedrichs à BBC Brasil.
 
Por não gostar de dirigir, ele próprio ia de bicicleta de sua casa, em Kingston-upon-Thames, nos arredores de Londres, até a capital para tirar as fotos que agora fazem parte do livro "Cycle Style", da editora Prestel.
 
"Para mim, pedalar representa liberdade. Carros só trazem estresse, procura por vagas, impostos", disse.
 
Entre as pessoas retratadas por Friedrichs, que se considera mais um fotojornalista que um fotógrafo de moda, estão o dançarino Para, ao lado de sua bicicleta folheada a ouro, e participantes da Tweed Run de 2011, evento descrito como "um passeio de bicicleta metropolitano com um pouco de estilo".
 
Há também um brasileiro, retratado com seu impressionante bigode no mercado de Spitalfields, no leste de Londres.
 
Outra das fotos mostram um ciclista com uma tatuagem no braço que diz: "Ride it Like You Stole it" ou "Pedale Como se Tivesse Roubado (a bicicleta)", em tradução livre.
 
"Usar bicicletas para se locomover em cidades já foi visto como uma coisa hippie, mas isso mudou. Elas são o transporte do futuro", falou Friedrichs.
Topo