Moda

Menino com Down vira modelo de rede britânica de varejo

BBC
Sebastian, 4, tem Síndrome de Down e é o novo garoto-propaganda da rede britânica de varejo Marks & Spencer imagem: BBC

Em um esforço para aumentar a diversidade de suas campanhas, a loja de departamento britânica Marks & Spencer contratou um modelo com Síndrome de Down para promover sua linha de roupas infantis.

A campanha da gigante do varejo, a maior da Grã-Bretanha, surgiu a partir da sugestão da mãe do novo garoto-propaganda da loja, Sebastian, 4. Caroline Branco, da cidade de Bath, reclamou sobre a falta de diversidade nas propagandas que anunciam roupas e outros produtos para crianças na TV, revistas e outdoors.

Segundo ela, essa homogenização das campanhas publicitárias pode contribuir para aumentar o sentimento de isolamento de famílias que descobrem ter um filho com Síndrome de Down.

"Nós não sabíamos que Seb tinha Síndrome de Down quando ele nasceu e foi uma época muito assustadora, porque não estávamos preparados", disse.

"Lembro-me de ver todos aqueles anúncios na TV com famílias e crianças e não havia ninguém diferente, todo mundo era perfeito. Tudo isso só aumentou meu sentimento de isolamento e medo."

Uniformes
Segundo Caroline, recentemente, quando Sebastian entrou na escola e ela teve de comprar uniformes para o filho, novamente lhe chamou a atenção a falta de diversidade nas campanhas publicitárias.

Foi por isso que ela fez a sugestão à Marks & Spencer, para que houvesse uma mudança na padronização dos modelos da loja - o que resultou na contratação do seu filho como garoto-propaganda.

"Espero que as pessoas percebam que vivemos como qualquer outra família. Seb canta, dança, encanta todo mundo", afirma ela.
"Não quero que pensem que é uma tragédia [ter um filho com Síndrome de Down], porque a realidade está muito longe disso", completa.

A Marks & Spencer tem mais de 700 lojas espalhadas pela Grã-Bretanha, além de ter presença em outros 40 países.

Topo