Moda

Estilistas brasileiros se destacam na semana de moda de Milão

Durante a Fashion Week, que vai até esta segunda-feira 92), Milão se transforma na capital mundial da moda: são cerca de 70 desfiles de grifes famosas como Prada, Gucci e Giorgio Armani. Mais de 80 designers também apresentam suas coleções de roupas e acessórios em showrooms na cidade.

Entre os estilistas de sucesso, há cada vez mais brasileiros --um fenômeno novo no mundo da moda italiana. Uma das estrelas ascendentes é Paula Cademartori, que ficou famosa na Europa com suas bolsas coloridas. Durante a semana da moda, ela está apresentando pela primeira vez uma coleção de sapatos.
Getty Images
19.jan.2015 - Visitante da Semana de Moda Masculina de Milão usa bolsa da brasileira Paula Cademartori imagem: Getty Images
 
Paula chegou à Itália com 21 anos para fazer um curso de especialização em acessórios. Depois de ter trabalhado na famosa grife Versace, resolveu fundar sua própria marca. Hoje, suas bolsas são vendidas em cerca de 170 lojas em todo o mundo e ela tem clientes famosas como a atriz Jane Fonda e a cantora Kylie Minogue.
 
“Não é fácil vencer em um mercado competitivo como este”, disse à BBC Brasil a estilista, nascida em Porto Alegre. Ela lembrou o tempo em que ia de loja em loja procurando pontos de venda para seus produtos. Agora, sua marca está em plena ascensão e é festejada pela imprensa especializada. “Paula Cademartori é um vulcão de criatividade”, diz a revista italiana "D Repubblica".
 
Cinderela
A estilista Charlotte Olympia, filha de um inglês e da modelo brasileira Andrea de Magalhães Vieira, também expôs suas criações durante a semana da moda de Milão. Charlotte, que deverá abrir sua primeira loja própria em Londres nos próximos meses, ficou conhecida por desenhar o sapato da Cinderela do mais novo filme da Disney sobre o famoso conto de fadas.
 
Segundo a edição italiana da revista "Vanity Fair", é “indiscutivelmente a atual rainha do salto alto". O brasileiro Uel Camilo, nascido em Florianópolis, também pertence à geração de estilistas nacionais que fazem sucesso em Milão. Ele se declara um autodidata, já que não tem formação acadêmica.
 
Depois de fazer sucesso com alguns vestidos para celebridades de Hollywood, Uel passou a se dedicar à produção de moda prêt-a-porter, com o apoio de um investidor. “Para essa faixa de mercado, Milão é certamente o melhor lugar para se estabelecer”, diz ele.
 
Uel Camilo fez um desfile na última semana de moda de Milão e, desta vez, preferiu mostrar seus produtos em seu showroom na cidade. “Para ter sucesso no mundo da moda internacional você precisa, além de talento, de muita determinação”, afirmou. “Não é fácil.”
 
Entre os demais brasileiros que se destacam na moda italiana estão a designer de joias Elena Siciliani e a estilista Barbara Casasola, que já foi convidada de honra da feira Pitti Immagine, de Florença. Outro sinal de que o interesse pela criatividade brasileira está crescendo na Itália é o fato que designers do país estarão no centro de uma exposição na semana milanesa do design, em abril.
Topo