Moda

Twiggy condena uso de peles na semana da moda de Londres

 Londres, 24 fev (EFE).- Twiggy, a famosa modelo britânica dos anos 60, condenou nesta quarta-feira (24), último dia da semana da moda de Londres, o uso de peles de animais.

 

Aos 60 anos, a modelo disse que as peles com as que circulam algumas manequins nas passarelas são de animais mantidos em "condições desumanas".

 

Utilizar 20 raposas e 80 visons para fazer um só casaco é de "uma crueldade intolerável", opinou.

 

"Fico triste com o fato de alguns estilistas continuarem utilizando animais para compor as peças", acrescentou a modelo.

 

Segundo Twiggy, cujo nome é Lesley Hornby, um novo relatório da organização Animal Defenders International denuncia os milhares de animais utilizados no mundo da moda.

 

O diretor da ONG, Jan Creamer, expressou sua decepção pelo fato de que em passarelas como Londres e durante a semana da moda de Nova York, vários estilistas continuem usando peles autênticas, ignorando a sua origem a partir da morte de animais.

Topo