Moda

Mais de 600 roupas e acessórios de Coco Chanel vão a leilão

Um conjunto de 600 peças de roupa e acessórios da marca Chanel, com alguns modelos criados nos anos 20 do século passado por Mademoiselle Coco, fundadora da firma, começou a ser leiloado nesta quinta-feira (25), em Paris.

 

A casa Millon Cornette de Saint Cyr pretende concluir amanhã a venda de vestidos, joias, bolsas e sapatos Chanel procedentes de diversas coleções particulares, cujos proprietários querem manter o anonimato.

 

A peça de maior destaque do conjunto é um vestido em "crêpe georgette" cor marfim, bordado com pérolas nacaradas e desenhado em 1923 por Coco Chanel.

 

O valor estimado para sua venda é de cerca de 10 mil euros (R$ 24,9 mil).

 

Trata-se de uma coleção para os amantes de roupas "vintage", de alta costura e prêt-à-porter de luxo das últimas três décadas.

 

Há nela "trajes e joias dos anos 80 e 90, além de vestidos de 1920 e 1930 de Gabrielle Chanel", disse à Agência Efe a expert em moda vintage Françoise Sternbach.

 

O leilão conta com algumas itens acessíveis ao grande público, com preços iniciais inferiores a 100 euros (R$ 249,5).

 

"Todos os vestidos dos anos 80, 90 e 2000 podem ser usados, ao contrário dos antigos, muito frágeis e que poderiam, no entanto, despertar o interesse de museus e fundações", explicou Sternbach.

Topo