Moda

Elegância de Michael Kors e informalidade de Lepore desfilam em Nova York

A passarela de Nova York viu nesta quarta (15) o estilo clássico moderno de Michael Kors e a indumentária informal de Nanette Lepore, dois estilistas americanos que optaram por uma explosão de cor para a primavera-verão 2011.

  • Getty Images

    Modelo desfila criação do estilista Michael Kors para o verão 2011 na Semana de Moda de Nova York

Kors, que recentemente recebeu o prêmio de melhor estilista do Council of Fashion Designers dos Estados Unidos, uma espécie de Oscar da moda neste país, disse que quis levar "para a cidade a atitude despojada dos vestidos, sarongues e suéteres que dão um ar sexy à praia".

Embora o cáqui e o verde combinados ao bege e ao cinza tenham predominado, o americano incluiu tons mais luminosos, que ele mesmo definiu com nomes de flores como "narcisos, zinias, íris e erva recém cortada" junto ao dourado, laranja, fúcsia e amarelo.

O estilista apresentou suas propostas para homem e mulher, incluindo maiôs e bolsas grandes, e usou tecidos como linho, gaze, organza, tafetás e algodão, além de incluir o couro para alguns de seus "trenchs" e gabardines.

Famosos como o empresário milionário Donald Trump, e sua esposa Melania, a tenista Serena Williams e a toda-poderosa chefe da revista "Vogue", Anna Wintour e sua editora, Grace Coddington, prestigiaram o desfile.

  • Getty Images

    Modelo desfila criação do estilista Michael Kors para o verão 2011 na Semana de Moda de Nova York

Após Kors, foi a vez da designer Nanette Lepore, que apostou nas cores brilhantes e em acessórios informais, inclusive, alguns vestidos estilo praia.

A música do rapper nova-iorquino John Forte, ex-Fugees, foi trilha sonora da passarela de Lepore que abusou das estampas e listras com cores vibrantes, como laranja, amarelo, fúcsia e coral, para concluir com propostas em tons como cobre, café e tabaco misturados com dourado.

Para o dia, Lepore, que não se esqueceu de maiôs e biquinis, apresentou minissaias, minivestidos, shorts e calças em linho, denim e algodão. Já para a noite, se destacaram longos em musselina, chifon e seda de cortes informais e estruturados em chemisier, alguns com pedraria, combinados com capris.

Nesta quinta (16), Ralph Lauren, Isaac Mizrahi e Calvin Klein fecham o Fashion Week de Nova York. No total, serão exibidas criações de 98 estilistas internacionais, em uma passarela que mostra do prêt-á-porter" aos desfiles mais luxuosos pelas mãos de ícones do mundo da moda como Carlos Miele, Carolina Herrera, Zac Posen, Diane von Furstenberg e Narciso Rodríguez.

Topo