Moda

Ousados desfiles masculinos marcam último dia da São Paulo Fashion Week

Alexandre Schneider/UOL
Alexandre Herchcovitch desfila coleção masculina no último dia do SPFW Inverno 2011 (02/02/2011) imagem: Alexandre Schneider/UOL

São Paulo, 2 fev (EFE).- Os desfiles masculinos dos estilistas João Pimenta e Alexandre Herchcovitch, com ousadas tendências para o outono-inverno, marcaram o final da São Paulo Fashion Week, que chegou ao fim nesta quarta-feira após seis dias na Bienal do Ibirapuera.

A apresentação de Herchcovitch foi inspirada no homem "pós-apocalíptico", com uma série de acessórios e máscaras ousadas.

A temática futurista, com superfícies metálicas em jaquetas e calças e alguns tons rústicos acompanhados de óculos ou máscaras, forneceu o diferencial do desfile do estilista, dono de sua própria marca.

João Pimenta apresentou sua coleção inspirada no homem medieval, com saias e sobretudos masculinos, combinados com camisetas e botas, em uma proposta mais atrevida que a de Herchcovitch.

Nos últimos desfiles femininos da semana de moda, André Lima apostou no estilo surrealista, com chapéus e plumas, nos quais se destacaram as peças de cintura alta, ombros bem marcados e comprimento até os joelhos.

A coleção de Fernanda Yamamoto, por sua vez, misturou diversas cores sob uma técnica japonesa e acessórios polidos, como os chapéus de acrílico e as formas circulares para recortar as mangas.

No primeiro desfile do dia, Gloria Coelho utilizou elementos do desenho japonês Pokemón para lembrar os anos 90.

Para o último dos desfiles, o da grife Cavalera, o estilista Alberto Hiar surpreendeu ao trocar a passarela tradicional por uma de água disposta na entrada do prédio projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

A chuva artificial se combinou com o preto predominante, o vermelho e o amarelo de materiais como a lã e o couro.

Topo