Moda

Filha de Donald Trump é acusada de plagiar sapatos de estilista

Nova York (EFE) - O estilista americano Derek Lam acusou a filha mais velha do multimilionário Donald Trump, Ivanka, de ter copiado modelos de sapatos criados para a sua nova linha de calçados, lançada este ano, informou a imprensa local nesta quinta-feira (22).

Segundo o diário "New York Post", Lam enviou uma carta a Ivanka na qual exige que ela retire das lojas os modelos que teriam sido plagiados de maneira "flagrante e proposital".

"Vimos muitas cópias similares antes, mas nunca um sapato que estivesse perfeitamente copiado. Fazer um sapato é um investimento tão grande que temos que protestar", explicou Jan-Hendrik Schlottmann, executivo-chefe da grife de Derek Lam.

Segundo o estilista americano de origem chinesa, as sandálias batizadas de "Cadie" pela marca de Ivanka Trump, que são vendidas por US$ 150 na loja de departamentos Bloomingdale's, são idênticas ao modelo "Ayami", de Lam, que custa US$ 780 o par.

O estilista deu a Ivanka o prazo de uma semana para que os sapatos sejam retirados das lojas.

Ivanka, de 30 anos, é fruto, junto a seus irmãos Donald Jr. e Eric, do casamento de Donald Trump com a ex-esquiadora de origem tcheca Ivana Trump, de quem o empresário se divorciou em 1992.

Após trabalhar como modelo, Ivanka é a atual vice-presidente de um dos segmentos do império Trump e também faz parte do júri do programa "The Apprentice", idealizado por seu pai e no qual várias pessoas competem entre si para ser o próximo alto executivo do grupo. 

Topo