Moda masculina

Veludo e couro marcam tendências da moda outono-inverno em Paris

Thibault Camus/AP
Modelo desfila coleção do estilista e ex-boxeador japonês Arashi Yanagawa da grife John Lawrence Sullivan na semana de moda masculina de Paris (18/01/2012) imagem: Thibault Camus/AP

Lola Loscos De Paris

Veludo, couro, caxemira e camisas de gola alta abriram nesta quarta-feira em Paris as coleções de moda masculina para a temporada outono-inverno, que se apresentam na capital francesa até o próximo dia 22.

O ex-campeão nacional de boxe japonês Arashi Yanagawa, reconvertido em estilista da John Lawrence Sullivan, lançou para o outono-inverno 2012-2013 uma explosão de cores sobre veludo, cetim, lã, caxemira e couro, geralmente misturados entre si num mesmo conjunto.

Nascido em Hiroshima, em 1975, Yanagawa não só reuniu as matérias mais díspares, mas também misturou cores e formas. Sua proposta é levar as calças douradas de couro tingido a serem usadas no próximo inverno sob elegantes abrigos longos de caxemira marrom claro ou azul.

Sobre a passarela da Maison des Metallos, histórica casa dos operários metalúrgicos de Paris, os modelos exibiram peças douradas, camisas de gola alta e quadriculadas de preto e branco.

Já Yohan Serfaty se inspirou em épocas distantes para sua coleção. Góticos, com traços medievais em algumas ocasiões, seus modelos buscavam a "atemporalidade", segundo disse à Agência Efe o estilista marroquino.

Enquanto os desfiles da Y Project by Yohan Serfaty e da John Laerence Sullivan se voltaram a um público de entendidos e apreciadores de moda, a grife Christian Lacroix Men preferiu se envolver nas redes sociais e sorteou dez ingressos para sua apresentação.

Para o inverno 2013, a coleção da Christian Lacroix Men sugere branco e cinza, com toques de vermelho, elaborados pelo estilista Sacha Walckhoff.

Ami Alexandre Mattiussi, ex-colaborador da Christian Dior, Givenchy e Marc Jacobs, amante de um estilo chique mas de uso prático, foi outro dos grandes protagonistas desta quarta-feira, junto a seu colega Nicola Formichetti para a Thierry Mugler.

Amigo de Lady Gaga, Formichetti voltou a apostar no toque futurista, nem sempre muito fácil de vestir, com peças prateadas, mangas pretas ou azuis.

Topo