Moda

Yves Saint Laurent confirma saída de seu diretor criativo, Stefano Pilati

Getty Images
Stefano Pilati ao fim do desfile da Yves Saint Laurent para o Verão 2012 em Paris. O estilista deixará a marca da qual é diretor criativo desde 2004 imagem: Getty Images

Paris

A marca Yves Saint Laurent confirmou nesta segunda-feira (27) a saída de seu diretor criativo, o italiano Stefano Pilati, mas ainda não revelou o substituto.

Em comunicado, o grupo que leva o nome do prestigioso estilista indicou que divulgará a identidade de seu novo criador "nas próximas semanas".

A imprensa francesa garante a vaga será preenchida pelo estilista Hedi Slimane, que nunca desenhou uma coleção de moda feminina, mas já foi o encarregado pela moda masculina para a própria Yves Saint Laurent e para a Dior.

De pai tunisiano e mãe italiana, Slimane está afastado da criação desde 2007, quando começou a se dedicar à fotografia.

O estilista chegou a YSL pela primeira vez em 1997 para assinar as coleções masculinas, que desenhou por dez anos, até assumir a incumbência de criar a moda para a Dior Homme.

Pilati apresentará em 5 de março sua última coleção, a feminina para a temporada outono-inverno 2012-2013, dentro da semana do prêt-à-porter de Paris, detalhou no comunicado a YSL, de propriedade do grupo francês de distribuição e luxo PPR.

O presidente da YSL, Paul Deneve, agradeceu na nota o trabalho "formidável" de Pilati, que contribuiu para "devolver ao seu lugar a marca de costura ilustre e prestigiosa".

Pilati é o diretor criativo da YSL desde 2004, quando foi escolhido para suceder o americano Tom Ford, e nesse tempo ajudou a transformar a marca em "uma das referências da moda contemporânea". 

Topo