Moda

Desfiles masculinos de Milão começam com homenagem a Vittorio Missoni

Daniel Dal Zenaro/EFE
Modelo apresenta conjunto cinza criado pela Corneliani, que abriu a semana de moda masculina de Milão para o Inverno 2013 (12/01/2013) imagem: Daniel Dal Zenaro/EFE

De Roma

No primeiro dia da semana da moda masculina de Milão, na manhã deste sábado (12), esteve muito presente a figura de Vittorio Missoni, diretor comercial da casa Missoni e desaparecido desde 4 de janeiro junto a outros três italianos enquanto viajavam em um pequeno avião na Venezuela.

O diretor da primeira grife a mostrar suas criações, Carlo Alberto Corneliani, quis preceder seu desfile com uma mensagem de apoio à família Missoni através dos alto-falantes da sala de desfile.

Uma vez lançada essa mensagem, a grife Corneliani apresentou sobre a passarela suas propostas para o próximo outono-inverno, envolvidas em uma espécie de nevoeiro londrino, e entre as quais se encontravam alguns casacos de pele suave.

Corneliani foi seguida por Jil Sander, que propôs um homem muito pendente da moda, que se movimenta entre o clássico e as tendências, e que se atreve com algumas cores muito vivas, como o vermelho.

Ombros contidos e volumes que se alargam, pescoços à francesa que sobressaem pelos casacos, camisetas com meia manga, calças de tubo até o tornozelo sobre botas dão à coleção de Jil Sander esse toque entre militar e "dandy".

Topo