Moda

Empresários brasileiros do mundo da moda buscam oportunidades na Colômbia

Inexmoda
Colombiatex das Américas promovido no ano de 2015 imagem: Inexmoda

Uma delegação de empresários brasileiros da indústria da moda buscará novos negócios e contatos durante a feira Colombiatex das Américas, que acontecerá entre os dias 26 e 28 de janeiro na cidade de Medellín, na Colômbia. As companhias contam com o apoio do Programa de Internacionalização da Indústria da Moda Brasileira (Texbrasil), criado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) junto à Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

"A Colômbia se transformou no ponto de encontro da indústria da moda. O Brasil é um país que, historicamente, teve participação ativa no desenvolvimento da indústria têxtil e de confecção", destacou o diretor-superintendente da Abit, Fernando Pimentel. O executivo afirmou que o Brasil tem "a melhor tecnologia e a maior capacidade instalada do mundo para oferecer produtos e serviços a todos os países". Pimentel detalhou que 22 empresas brasileiras participarão de uma roda de negócios que acontecerá dentro da feira.

"Oferecemos insumos têxteis para a confecção colombiana e de mercados vizinhos. Chegamos à feira com a amostra mais completa de tecidos, fibras e insumos, que cobrem todas as categorias de vestuário e chegam também ao setor da indústria", afirmou o empresário.

Entre as companhias participantes se destacam Britânia, Cedro, Santanense, Cataguases, Covolan, Digitale Textil, Expor Manequins, Rosset, Santista/Tavex, Canatiba, Farbe, Vicunha, RVB Malhas, Tecnoblu, Santa Constância, Berlan, TBM, Dalila, Paramount, Salotex, Pelican e Sancris.

De acordo com os números oficiais citados no comunicado, o Brasil produz por ano 5,6 trilhões de peças de vestuário e conta com mais de 33 mil empresas que geram 1,5 milhão de empregos diretos e mais de 8 milhões indiretos.

A feira de negócios têxteis, matérias-primas, insumos, maquinaria e produtos químicos para a confecção Colombiatex das Américas fechou sua 27ª edição no ano passado com US$ 306 milhões em oportunidades de negócios, 15% a mais que os US$ 266,9 milhões registrados em 2014.

Topo