Moda

Neon encerra SPFW em clima de desfile retrô

CAROLINA VASONE
Do prédio da Bienal

Mostrar as roupas de festa da linha Rubi era um dos principais propósitos do desfile da Neon para o inverno 2009. A dupla Dudu Bertholini e Rita Comparato montou, então, uma apresentação no clima das que a Fenit fazia, com espírito nostálgico. Top models foram escaladas e, em pares, apresentavam cada parte da coleção que, além das estampas já conhecidas da grife, coloridas (desta vez com cores não tão fortes, assinadas por Vanessa da Silva, Fabio Gurjão, Fernando Vilella e Andres Sandoval), trouxeram alguns novos exercícios para a marca, como as formas mais duras de dois looks, um da saia dourada redonda de metal de Bruna Tenório, outra do vestido estampado com fundo branco e desenhos em turquesa, além da silhueta bem ajustada, tanto no vestido que abriu o desfile, em Viviane Orth, com decote geométrico nas costas, como no tricô canelado com lurex do meio do desfile do vestido longo de um ombro só. Referências a algumas décadas apareceram na coleção.

FOTOS: Veja álbum do desfile da Neon



Alexandre Schneider/UOL

Alexandre Schneider/UOL

O desfile lembrou as antigas apresentações da Fenit



As franjas, feitas de canudos de resina em preto, apareceram em vestidos em tom cru, ajustados no corpo, e também nas costas dos vestidos, além de enfeitarem a aba do chapéu de clima dramático. As modelos foram treinadas para andarem devagar, fazerem caras e bocas, mostrando a roupa em voltinhas, como antigamente.
 

Topo