Desfiles

Lenny aposta em decotes e estampas para a próxima estação

FERNANDA SCHIMIDT
Enviada especial ao Rio

A coleção da Lenny chega para o Verão 2009/10 com estampas e moda praia decotada, apresentada na noite desta terça-feira (9), em desfile do Fashion Rio, após atraso de quase 50 minutos.

  • Alexandre Schneider/UOL

    As modelos Isabeli Fontana e Fabiana Semprebom: maiôs com decotes desestruturados

"O verão vem voando, vendo paisagens, passando por etnias", disse o coordenador da equipe de estilo da grife Cláudio Parreiras. Assim, a estilista Lenny Niemeyer trouxes estas imagens naturais para a estamparia, com referências à África, Tailândia e lagos e barcos mais abstratos, em looks que passearam pelo preto, cinza, verde-limão, branco e um vermelho pontual.

As peças foram todas cortadas a laser e, em diversos maiôs, receberam tubos que ajustavam personalizadamente decotes estruturados ao corpo das modelos - nas costas e preferencialmente no busto (look liso inicial de Isabeli Fontana ou no final de Fabiana Semprebom, em estampa de zebra). "É preciso um ferreiro para vestir as modelos", disse Parreiras.

Os decotes reveladores apareceram também nos vestidos e blusas, com cintos marcando a cintura mais ou alta ou nós nos tecidos, marcando-a mais baixa, como no vestido cinza final de Viviane Orth ou no preto e branco com toques em vermelho de Drielly Oliveira.

A modelagem dos biquínis veio maior nos tops, com alças largas e faixas. As calcinhas surgiram em tamanho variado, porém nunca muito decotadas ou "string" - nós também detalhavam algumas peças. Os maiôs variaram do bastante fechado com ombro marcado ao tomara-que-caia, como o de zebra desfilado por Ana Claudia Michels.

As faixas tiveram destaque na nova coleção da Lenny, formando franjas abaixo do busto, como cortinas (em Nathalie Edenburg), ou laterais. Elas também apareceram mais justas em looks de duas peças, tanto em versões mais finas (vermelho de Guisela Rhein) como mais grossas (produção final de Isabeli Fontana). Em momentos, as tiras de tecido eram espaçadas entre si, formando recortes geométricos nas peças, como nas peças pretas desfiladas por Juliana Imai e Izabel Goulart, que abriu e fechou a apresentação.

Topo