Desfiles

Walter Rodrigues cria verão preto e branco para o cotidiano

FERNANDA SCHIMIDT
Enviada especial ao Rio

Feliz com os looks mais casuais de sua última coleção, Walter Rodrigues manteve a vontade de peças para o cotidiano em seu Verão 2009/10, em desfile externo, ao longo do Pier Mauá, que abriu a programação desta terça-feira (9), no Fashion Rio.

  • Alexandre Schneider/UOL

    Walter Rodrigues: Aposta no casual

O estilista apostou nas calças, quase todas em preto, em cerca de 13 modelagens diferentes, segundo contou do backstage antes da apresentação. A silhueta deu preferência às peças mais ajustadas ao corpo, acompanhadas por sobreposições de kilts (em Luana Teifke, com calça e camisa branca em laise com decote nas costas) e vestidos. "O preto e branco me lembra colégio. A sainha pregueada me lembra o colégio St. Paul's [em São Paulo]", disse ele. Camisetas brancas -com ou sem mangas - foram usadas sob as peças, com transparências ou tecidos planos.

Apesar da dicotomia do preto e branco ter dominado a coleção, pontos de cor apareceram pontualmente, com amarelo mostarda, como na calça desfilada por Cris Jurach, com blusa branca sob preta transparente, e estampa floral, que começou como uma faixa detalhando um look e terminou no macacão tomara-que-caia da modelo Carmelita. "É uma imagem que eu via em todos os livros na China, desde que eu visito o país em 2006. Encontrei esta em Hong Kong agora em março e digitalizei", contou Rodrigues.

Os sapatos são ecológicos, feitos com raspas de couro e madeira prensados sobre tecido, criando efeito de couro em pele animal.

Topo