Moda

Lilian Pacce lança livro sobre ecobags e diz que sustentabilidade é um "novo luxo"

FERNANDA SCHIMIDT

Da Redação

A editora de moda Lilian Pacce lança, nesta segunda-feira (24), o livro "Ecobags - Moda e meio ambiente", parceria da editora Senac e da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da prefeitura de São Paulo. O lançamento, na Livraria da Vila do shopping Cidade Jardim, será precedido por uma mesa-redonda sobre moda, design e sustentabilidade.

  • Divulgação

    Bolsas ecologicamente corretas, criadas pelo estilista Alexandre Herchcovitch


A obra é uma compilação das 120 bolsas ecologicamente corretas criadas por estilistas e marcas brasileiras - entre elas Alexandre Herchcovith, Ash, Blue Man, Carlos Miele, Huis Clos, Juliana Jabour, Mario Queiroz, Neon e Rosa Chá - para a exposição "Eu Não Sou de Plástico", apresentada em setembro de 2007, no Porão das Artes, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e que teve curadoria de Lilian.

A editora acredita que a sustentabilidade na moda, tanto social quanto ecológica, não é só uma onda. "Não é algo passageiro, é um tsunami. E quem não entrar vai se dar mal. É uma questão contemporânea", disse ela em entrevista ao UOL Estilo, "a moda sustentável tem de se transformar em um novo luxo", completou.

Apesar de observar uma maior conscientização e aceitação de práticas ecológicas no Brasil, como o incentivo ao uso de sacolas recicláveis por parte de grandes redes de supermercados, Lilian ainda vê o país com uma presença quase nula no mercado de moda ecológica.

"O Brasil é sempre lembrado por sua natureza exuberante, associada a questões ambientais, mas a sustentabilidade ainda não acontece", disse.

Lilian lembrou que, além de se valer das fibras naturais, como o algodão, por exemplo, a moda ecologicamente correta também se beneficia dos avanços tecnológicos da indústria têxtil, que usa materiais tão diversos como garrafas PET, bambu, milho e pó de café para produzir tecidos.

Com imagens das ecobags, depoimentos de seus criadores e ficha técnica sobre facbricação e materiais, o livro de Lilian pretende incentivar as compras feitas com sacolas reutilizáveis, mas que tenham preocupação com o design. "Um dos grandes valores do livro é mostrar que ecodesign não é artesanato. Ele tem moda agregada", contou a organizadora do volume.

A difusão das bolsas sustentáveis, no entanto, é apenas um passo para o desenvolvimento do setor. É preciso que mais produtos ganhem o status "fashion" e se tornem objetos de desejo dos consumidores. "Mas ainda não vejo algo que tenha o vulto das ecobags", disse Lilian.

Serviço:
Mesa-redonda: Moda, design e meio ambiente
Convidados: Eduardo Jorge (secretário do Verde e Meio Ambiente), Irmãos Campana, Isabela Capeto, Oskar Metsavaht e Lilian Pacce
Quando: 24/8, às 19h
Onde: Livraria da Vila (Av. Magalhães de Castro, 12.000, Cidade Jardim, São Paulo)

Lançamento do livro "Ecobags - Moda e meio ambiente
Quando: 24/8, às 20h
Onde: Livraria da Vila (Av. Magalhães de Castro, 12.000, Cidade Jardim, São Paulo)

Topo