Moda

Versus "ressurge" em Milão pelas mãos de Christopher Kane; assista a vídeo exclusivo

JULIANA LOPES
Colaboração para o UOL, em Milão

Um dos nomes mais importantes do mundo da moda, Donatella Versace, relançou neste domingo (27), em Milão, a marca Versus, dedicada a um segmento mais jovem do que a Versace, e que havia sido "aposentada" em 2004.

VEJA "DE PERTO" MODELOS DA VERSUS PARA O VERÃO 2010


As cores dominantes foram o caqui, o preto e o vermelho. Mais básico impossível. A coleção, criada pelo escocês Christopher Kane, guardava, no entanto traços de rebeldia em detalhes elegantemente sensuais, como as fendas diagonais presas por alfinetes. "Quero provocar desejos", contou o estilista ao UOL, "ter medo da crise é uma atitude que não combina comigo. Para estimular a moda em tempos de crise, mais do que nunca, é preciso provocar desejo".

A apresentação da Versus parecia mais a um showroom do que um desfile tradicional, com as modelos paradas, em pedestais, em um salão. Convidados e fotógrafos circulavam por entre elas: Nesse tipo de apresentaçào quem desfila é o espectador. O formato se parece bastante aos eventos promovidos por novos designers, em mostras paralelas ao calendario oficial de moda.

O modo estático de apresentar a coleção permitiu ainda mais a observação dos detalhes. "Na passarela é tudo muito corrido. Estou investindo em detalhes, é preciso que as pessoas vejam esses detalhes", disse Kane.

  • Juliana Lopes/UOL

    Três modelos da marca Versus, reativada por Donatella Versace (27/09/2009)



Quase como manequins de lojas, as modelos da apresentaçào da Versus ficaram por mais de uma hora paradas em seus pedestais, fazendo poses sutis. Foram bem dirigidas para exibir delicadamente cada peça que vestiam e deixavam em destaque os acessorios, como bolsas e sapatos, quando alguém chegava perto.

Os vestidos da Versus provocaram interjeições do público em geral. Curtíssimos, cheios de fendas, muitas vezes ligadas por alfinetes. Materiais misturados em caimento impecável, em designs muitas vezes assimétricos. Um lado com manga, outro de braços nus, aberturas diagonais, milimetricamente pensadas.

Canais de moda e jornalistas do mundo todo rodeavam Donatella Versace que, fazendo as honras de madrinha do estilista Christopher Kane, tentava transferir o prestigio e as atenções para ele. "Ele é o melhor", resumia ela quando lhe perguntavam por que ele havia sido escolhido. Palavras sobre a coleçao? "Fresca e moderna", disse Donatella, cercada de seguranças.

Topo