Desfiles

Desfile da Neon divide fashionistas

CAROLINA VASONE

Do prédio da Bienal

Teve gente que adorou. Outros gostaram muito. E outros, na mesma proporção, não gostaram tanto assim. Inspirado em bichos e em caçadoras, o desfile para o Inverno 2010 dividiu fashionistas nesta quinta (21), penúltimo dia do SPFW.

  • Alexandre Schneider/ UOL

    Desfile colorido e "animal" da Neon dividiu fashionistas no penúltimo dia do SPFW

A turma que se entusiasmou com o zoológico fashion criado por Dudu Bertholini e Rita Comparato salientou o bom humor e as imagens impactantes que são especialidade da marca. Não deixa de ser verdade, afinal, eram divertidos os looks que imitavam bichos, como o vestido de onde saíam dois dentes de elefante e ainda o vestido de tucano longo de ombro (e manga) só. A combinação de cores vibrantes (destaque para o amarelo, o vermelho, o roxo e o turquesa), outra característica marcante da grife, também foi elogiada com justiça.

 

Do lado da turma dos que não gostaram tanto assim, as ressalvas ficaram por conta da falta de novidade em termos de criatividade na modelagem. Calças curtas de cintura alta, outras bufantes usadas com botas de cano alto, paletó com legging estilo montaria, tailleurs e saias ajustadas não saíram do lugar, ou melhor, do guarda-roupa comum, não fossem as bem coordenadas cores e estampas, as últimas, aliás, em menor quantidade nesta coleção (eram três, com destaque para a de pied-de-poule com patinhos). Outro problema pareceu ser a qualidade dos couros e camurças em vários modelos como o casaco verde esmeralda com um tom abaixado usado com o tailleur em bordô, além da chemise ampla em marrom e amarelo.

 

O sapato cavado na frente, com formato de peixe e rabinho atrás, muito charmoso, fazia citação ao modelo criado por André Perugia em 1931 e deve ter feito sucesso em ambos os lados. Outros acessórios como as bonitas botas e os chapéus merecem menção.

 

Se há resultado pra esta equação, é difícil dizer. Talvez seja necessário esperar o desdobramento da coleção na loja, avaliar relação produto versus preço (geralmente são altíssimos) e fazer as contas.
.

 

Topo