Moda

Tomou muito sol? É hora de cuidar da pele

O verão termina oficialmente dia 20 de março, mas depois do carnaval parece que a vida volta ao normal e as férias vão se tornando lembranças. É hora de avaliar os estragos que o sol fez na pele e começar a cuidar da aparência ou de problemas mais graves como manchas e micoses.

O excesso de sol pode causar lesões na pele durante o verão

FOTOS: VEJA PRODUTOS PARA CUIDAR DA PELE DURANTE A EXPOSIÇÃO AO SOL

“As manchas, além do problema estético, podem indicar vários problemas de pele, desde exposição ao sol exagerada, passando por micoses, alergias, até câncer de pele. É interessante a avaliação de um dermatologista quando surge uma mancha”, alerta o Dr. Agnaldo Mirandez.
Se este não é o seu caso, os cuidados são mais simples e podem ser feitos em casa tranquilamente. São três ações básicas e que não vão tomar muito do seu tempo: hidratação, limpeza e proteção. A boa notícia é que os produtos que adquiriu para cuidar da pele no verão continuam valendo.

Depois do verão, a primeira preocupação é com a hidratação, pois a exposição ao sol provoca ressecamento da pele. De acordo com o Dr. Mirandez, o homem deve procurar produtos adequados para o tipo de pele dele. A indústria atenta a essa preocupação masculina, já disponibiliza linhas para a pele do homem.

Ou seja, nada de pegar emprestados os produtos da irmã, namorada ou amiga. As linhas de produtos de higiene e beleza levam em conta as principais diferenças entre a pele do homem e da mulher. A pele do homem tem mais colágeno, responsável pela firmeza da pele, rugas e linhas de expressão. Ela é mais espessa, por isso, tende a ter menos rugas. Por outro lado, a oleosidade também é mais comum no público masculino, porque possui maior secreção das glândulas sebáceas estimulada pela testosterona, o hormônio masculino.

Agora, não adianta nada usar um hidratante, e esquecer que a hidratação vem de dentro para fora. Portanto, é importante beber muito líquido, no mínimo dois litros de água por dia. Uma dica boa para não esquecer isto, é ter sempre a vista uma garrafa de água próxima. Para os fumantes, as notícias são péssimas. O tabagismo, surpreendentemente, diminui a hidratação da pele e os níveis de antioxidantes no sangue. De acordo, com Dr. Cristiano Tárzia Kakihara, o tabaco afeta a saúde de diferentes maneiras, mas estudos mostram que a pele é o órgão mais atingido. O tabaco acentua as rugas (principalmente ao redor da boca e dos olhos), piora o aspecto das olheiras devido à má circulação do sangue nesta área, a pele se torna mais ressecada e sem brilho.

Além de hidratar, deve ser feita diariamente limpeza de pele com sabonete ou loções para remover impurezas e excesso de oleosidade. Se usar sabonete, procure um com pH próximo ao fisiológico, ligeiramente ácido. Os sabonetes comuns tendem a deixar a pele ressecada. “É importante fazer uma esfoliação uma ou duas vezes por semana, para remoção das células mortas das camadas mais superficiais da pele, evitando assim, a obstrução dos poros”, indica Dr. Mirandez.

Veja PRODUTOS PARA HIDRATAR E CUIDAR DA PELE NO PÓS VERÃO

Para os homens vaidosos existem produtos para clareamento da pele, que ajudam na diminuição de manchas causadas pela exposição solar. Esta época é indicada para começar este tipo de tratamento em casa. A grande questão para os homens é que estes cremes precisam de disciplina para que seus resultados apareçam.

Para os mais apressados, existem vários procedimentos que aceleram a remoção das células mortas. O mais conhecido é o peeling, indicado para amenizar as manchas e rugas superficiais, poros dilatados, textura áspera, sardas e marcas de acne. Depois do verão, quando o sol diminui de intensidade, é a melhor época para iniciar este tipo de tratamento.

Peeling em inglês e quer dizer esfolar. Ele promove a descamação e renovação da pele através de produtos químicos como ácidos e dependendo da profundidade que atua pode ser classificado como superficial, médio ou profundo. O resultado A aplicação destes produtos deve ser feita sob orientação médica, que fará também uma avaliação antes de prescrever o melhor método. Os valores médios para um peeling gira em torno de R$ 200 a sessão.

Atualmente muitas clínicas estéticas oferecem tratamentos feitos a laser, que é uma abreviação de Light Amplification Stimulated Emitted Radiation (amplificação da luz emitida por uma radiação estimulada). Existem diversos tipos de laser disponíveis para tratamento de manchas, rugas e até remoção de pelos. A vantagem é que ele não prejudica outras áreas que não estão sendo diretamente tratadas, reduz o risco de infecção e a recuperação é rápida. O tratamento mais simples começa em R$ 100 e pode atingir R$ 1200 a sessão.

Depois de limpa e hidratada, é hora de proteger a pele. Não pense que o filtro solar só deve ser usado na praia ou piscina, ele precisa ser aplicado diariamente, principalmente nas áreas expostas ao sol. De acordo com o dermatologista, ao sairmos a luz do dia, estamos nos expondo a radiação solar, que tem efeito cumulativo, então a proteção deve ser diária para evitar problemas a longo prazo.
Colaborou com a coluna Paula Baraldi

Hora H agradece a colaboração do Dr. Agnaldo Augusto Mirandez, diretor da clínica Perfetta (SP) e do Dr. Cristiano Tárzia Kakihara, dermatologista da Clínica Carolina Ferolla.

Topo