Moda

"Queremos uma mulher livre, viajada, cosmopolita", diz Angela Missoni

JULIANA LOPES

Colaboração para o UOL, de Milão

Na passarela da grife italiana Missoni, três pontos importantes convergem nos looks: o conforto táctil e visual, o extravasamento da definição das peças (pode ser um vestido que vira um poncho, uma blusa que vira saia) e os volumes que respeitam as curvas femininas.

 

O uso do tricô para criar uma mulher confortável e, ao mesmo tempo, atraente não é para a Missoni um desafio. O espírito criativo da família responsável pela grife aprendeu bem como aproveitar o material – a principal matéria-prima em suas criações, desde a fundação da marca, em 1953.

 

“O tricô pode muito bem delinear as formas dependendo do jeito como o colocamos, o tipo de drapeado que fazemos. Assim, deixamos espaço também para o corpo”, explicou ao UOL Estilo a diretor criativa da marca, Angela Missoni. Os “espaços” são mangas únicas, tops mais curtos, saias que vão do longo ao curtíssimo, cardigãs longos que não cobrem absolutamente todo o corpo.

A padronagem de zigue-zagues – marca registrada da Missoni, com approach étnico – continua sua trajetória com misturas variadas de cores (cinzas, preto, azuis, violeta e tons terra, com alguns pontos de vermelho) diluídas ou contrastadas. É preciso chegar mais perto dos looks para entender todas as tramas e contrastes,que combinam formas orgânicas e geométricas.

  • AFP

    Modelo desfila look da Missoni para o Inverno 2010/11 em Milão (28/02/2010)

Essa sensação já tinha sido mostrada na coleção masculina da Missoni para o Inverno 2010/11, apresentada em desfile em janeiro. Percebe-se a mesma pesquisa de paletas, com a diferença de que, para as mulheres, Angela coloca pitadas sexy, adicionando mais vermelho e também recorrendo a acessórios reluzentes.

 

Que mulher é essa, então, que quer se sentir bem, movimentar-se e, ao mesmo tempo, assumir a modernidade atemporal do design Missoni? “É uma mulher cosmopolita, livre, que capta informações de todos os lugares”, disse Angela. Impossível não pensar na hype e linda Margherita Missoni, filha, braço direito e musa de Angela. A jovem modelo de 27 anos estrelou a campanha da marca, assim como vários membros da família italiana. Margherita, com sua turma de primos e amigos, todos vestidos com os looks novos da marca, de cabelão esvoaçante, sentada no chão, à beira da passarela, é mesmo a cara da Missoni.
 

A marca, aliás, abrirá sua segunda loja no Brasil (e na América Latina), no shopping Iguatemi de Brasília, com inauguração prevista para 30 de março.

Topo