Moda

Cia. Marítima fecha primeiro dia com socialite fora de moda

  • Alexandre Schneider/UOL

    Cia. Marítima desfila coleção para o Verão 2011 no primeiro dia do SPFW (09/06/2010)

Ficha Técnica


Inspiração: O Marrocos e a socialite Thalita Getty, ícone de moda dos anos 60 e musa de Yves Saint Laurent
Formas: Top cortininha com bojo interno, tomara-que-caia com bojo rígido, tanga bem pequena na parte de trás, harem pants e caftans; maxi-vestidos, túnicas e batas
Cores: Amarronzados, dourado
Tecidos: GEL, com textura fina e brilhante e denim
Equipe de Estilo: Benny Rosset (direção geral), Fabiana Kherlakian (criação) e Mariana Adans e Patrizia Simonelli (estilo)
Stylist: Juliano Pessoa e Zuel Ferreira
Beleza: Saulo Fonseca (Molinos Trein)
Trilha Sonora: Rosana Rodini
Cenografia: Daniela Thomas e Felipe Tassara
 

Nota da Editora: A Cia. Marítima fechou mal o primeiro dia de desfiles do SPFW. A inspiração no Marrocos, que poderia trazer ricas estampas inspiradas em mosaicos, cartela de cores com tantas possibilidades, adaptadas ao gosto da moda praia sofisticada que a marca parece querer oferecer, ficou no cenário do desfile, e olhe lá. Algumas moedinhas balançando num biquíni aqui, um dourado ali, tons terrosos (do deserto?) acolá, e ficou nisso. Os tons terrosos, aliás, poderiam compor combinações mais sofisticadas. Muitos franzidos sem propósito, calças bufantes que não favoreceram  nem as modelos. Já a referência a Thalita Getty foi incorporada em uma versão estereotipada do que seria uma socialite na praia, não com muita informação de moda. (Carolina Vasone)

Topo