Moda

Italiana, Francesca Romana Diana investe em pedras brasileiras em suas bijus de luxo

CAROLINA VASONE

Enviada especial ao Rio

Com Carolina Ferraz como musa, mulheres da sociedade carioca como clientes e o Brasil como homenageado, Francesca Romana Diana desfilou sua coleção de bijuterias de luxo na última quinta (13), no suntuoso Copacabana Palace, na programação do Fashion Business, paralela ao Fashion Rio.

A italiana, que chegou ao Brasil com 26 anos e acaba de completar mais 26 de vida no Brasil resolveu celebrar esta experiência, literalmente, "mezzo" Brasil, "mezzo" Itália, numa coleção em que paisagens de várias partes do Brasil viraram estampas para braceletes, em que pedras impressionantes vindas da Amazônia se transformaram em colares, um deles grande como um peitoral. Placas de madrepérola, serragem, conchas e folhas, pigmentadas em tons fortes como o pink, transformaram-se em grandes brincos, colares e pingentes. Pérolas de água doce em várias cores deram várias voltas em pulsos e pescoço, numa imagem rica e glamourosa.

Valorizar a matéria-prima brasileira é a essência do estilo da designer, que já forneceu peças para a H.Stern até, em 1991, abrir sua marca própria. Em 2003 perdeu a empresa para o ex-marido, Fabrizio Giannone, numa disputa judicial. 'Considero que minha marca tem quatro anos e meio" diz, sobre a nova fase, agora com o "Diana" incluído. "Meu nome ninguém me tira."

Topo