Moda

Filme de terror e coleção com altos e baixos marcam inverno de Cirnansck

Alexandre Schneider/UOL
Viviane Orth desfila look de Samuel Cirnansck para o Inverno 2011 (28/01/2011) imagem: Alexandre Schneider/UOL

De São Paulo

Um videoclipe com cenas de modelos numa floresta ameaçadora deu clima de cinema à sala de desfiles de Samuel Cirnansck. O que foi anunciado, porém, não foi cumprido. Nada muito teatral, nada muito dramático na passarela sempre cheia de atitude do estilista. Desta vez, o ele mostrou uma coleção em que misturou sua nova linha de dia a dia aos vestidos de festa. Surpreendentemente - afinal, Cirnansck é especialista em noivas e longos no geral - foi no prêt-à-porter que o designer surpreendeu.

A primeira série de marrons tem casacos de couro e de lã (destaque para o inspirado no fraque) belíssimos e muito bem feitos. As calças de cintura alta em corte da alfaiataria também são outro ponto alto. Já os looks de festa azuis esbarram no mau gosto e no excesso de tecido. No final, série em preto apurada, justa no corpo com faixas laterais e pregas pequenininhas e muito interessantes. (Carolina Vasone)

Ficha técnica

Inspiração:  Mulher urbana perdida na floresta
Tecidos: Lã, manta de algodão, renda, seda e viscose com aplicação de foil
Cores: Azul, nude, camelo, bege, branco e preto
Estilo: Samuel Cirnansck
Stylist: David Pollak
Beleza: Celso Kamura
Trilha Sonora: Jackson Araujo 
Cenário: Artur Freitas

Topo