Moda

Na dúvida sobre o que usar na festa de formatura? Veja sugestões de looks e peças

Divulgação/Montagem UOL
Montagem do Hora H: sugestão de looks para formatura imagem: Divulgação/Montagem UOL

RICARDO OLIVEROS

Colunista do UOL

A esta altura do campeonato, você já quitou as parcelas, o lugar foi definido, os convites já foram enviados e o paraninfo está escolhido. Ou seja, tudo pronto para a grande festa da sua formatura. Mas a escolha o traje não deve ficar por último. Para dar uma força para os rapazes que ainda não compraram seu terno, o "Hora H" dá dicas para acertar a escolha.

A universidade mais antiga do mundo surgiu na Bolonha, Itália, em 1088, seguida pela de Paris (1090) e a de Oxford (1096), no Reino Unido. Além do ensino, todas elas concediam o grau, que permitia que os estudantes se tornassem professores destas instituições. A obtenção do grau era seguida de uma maneira muito próxima da que acontece hoje nas defesas de mestrado e doutorado, e, na época, tinha todo um protocolo rígido, cheio de pompa e circunstância.

Hoje, quase mil anos se passaram, mas o caráter de ritual de passagem permanece. Também continua sendo um momento solene e tradicional para quem participa. No Brasil, depois da colação de grau e do juramento, existe a tradição da festa de formatura. Os rapazes não têm muita escolha: o terno é a roupa mais adequada para usar nesse dia. Isso não significa, porém, que todos estarão uniformizados. Certos detalhes devem ser observados, para que sua personalidade seja valorizada.   



Quando for escolher um terno, e para muitos vai ser o primeiro de toda a vida, vale lembrar certas regras básicas.

Terno ou costume?

O terno é composto de paletó, colete e calça, e o costume é usado sem colete. Por uma questão de clima, já que as festas de formatura acontecem no verão, a dica é usar a segunda opção.

Tecido faz a diferença

Além da marca do terno, o que influencia no aspecto final e no preço é o tipo de tecido com o qual ele é confeccionado. Lã fria e as diferentes gradações de fios (100, 120, 200) se tornam o melhor tecido para nosso clima, por que não esquenta e pode ser usado o ano todo. Quanto maior a gradação de fios, mais caro é o tecido. Se a grana estiver curta, a lã tropical pode ser uma opção.

O corte garante o caimento

Quando experimentar um paletó, veja na frente do espelho se ele aberto não descola do corpo. O bom corte da peça é estruturado e faz com que ele não deforme, mesmo quando aberto. O mais atual é o "slim fit", com a silhueta rente ao corpo.

O ombro é a melhor medida

A numeração do costume é diferente das outras peças do nosso guarda-roupa. O paletó leva em conta o tamanho do tórax - se ele mede 96 cm, a medida é 48. Não se preocupe, a maioria dos atendentes saberá qual é a sua numeração. O mais importante é que tenha a exata medida do seu ombro, nem mais, nem menos.

Ajustes são gratuitos

A maioria das lojas pede alguns dias para fazer os ajustes necessários, como uma manga menor ou a barra da calça, por exemplo. Na maioria dos casos, o serviço é gratuito. Então, não deixe para a última hora.

Cores sóbrias são as ideais

Geralmente as festas de formatura acontecem à noite, então, não invente. As melhores cores são as mais tradicionais mesmo: azul-marinho e cinza. Muitos brasileiros adoram os de cor preta. Cuidado, eles devem ter um corte e tecido impecáveis para que você não pareça mal vestido. Outras opções para sair do óbvio são os de risca-de-giz ou de tecidos maniquetados, que têm o efeito listrado no próprio tecido, pelo contraste de opaco e brilho ou de diferentes relevos.

Um, dois, três botões, qual o melhor?

O abotoamento é um dos fundamentos do paletó. O de um botão substitui o tradicional smoking em cerimonias de gala e é o que combina melhor com uma gravata preta. O de dois botões é o mais atual, mas não caiu (ainda) nas graças dos brasileiros. O de três botões é o mais comum e mais fácil de ser encontrado. Lembre-se sempre: se for de dois ou três, o último botão (mais próximo da calça) sempre fica desabotoado.

Escolha bem a camisa

As camisas lisas são as mais formais e, portanto, as melhores para este momento. A branca é mais clássica e não tem erro na hora de combinar com o terno e a gravata. Outras cores em tons claros, como azul e rosa, são opções que podem ser consideradas.

Faça da gravata o seu toque pessoal

No meio de tantos ternos da mesma cor, a gravata se torna a maior responsável para que você se destaque neste dia. As lisas são as mais formais, mas as listradas (regimentais) permitem maior diversidade na escolha. Para o mais modernos, gravatas borboletas estão em alta.

Sapatos têm poucas cores, mas muitas opções de modelos

Os sapatos sociais são pretos ou marrons escuros, não tem jeito. Com poucas opções de cores, os modelos são bem variados: lisos de amarrar, com fivela, diferentes texturas etc. Lembre-se de que sapatos novos devem ser amaciados com antecedência. Sem contar que eles devem estar bem engraxados!

Topo