Moda

Miuccia Prada disse estar insatisfeita com a exposição no MET: "é muito formal"

Getty Images
A estilista Miuccia Prada durante premiação em Milão (22/11/2010) imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

O MET, Metropolitan Museum of Art de Nova York, inaugura no dia 10 de maio uma exposição sobre o trabalho e similaridades entre duas importantes estilistas italianas, Elsa Schiaparelli (1890 - 1973), que marcou a história da moda, e Miuccia Prada, das grifes italianas Prada e Miu Miu.

A mostra "Elsa Schiaparelli and Miuccia Prada: On Fashion" contará com 80 looks de Schiaparelli (criados entre o final da década de 1920 e começo da de 1950) e peças da dona da Prada, feitas a partir da década de 1980 até os dias atuais. A ideia da exposição, curada por Harold Koda e Andrew Bolton, surgiu após uma publicação da revista norte-americana "Vanity Fair", onde uma conversa entre as duas designers foi inventada e publicada dentro da seção "Impossible Interviews" (entrevistas impossíveis, em português). 

Quando entrevista pelo site norte-americano "WWD" nos bastidores do desfile da coleção masculina de Inverno 2012 da Prada, Miuccia se disse insatisfeita com o que viu da mostra. "É muito formal. Eles focaram nas similaridades comparando pena com pena, étnico com étnico, mas não levaram em consideração que eles estão falando de duas épocas diferentes e que nisso (Schiaparelli e eu) somos totalmente opostas", contou a estilista ao site. "Eu disse isso à eles, mas não se importaram", completou. 

"Pelo menos em discurso meu modo de pensar está lá", se referindo sobre a entrevista cedido à Baz Luhrmann, consultor de criação da exposição.
 
Anualmente o MET realiza uma grande exposição de moda. Em 2011, o museu abrigou uma retrospectiva do estilista Alexander McQueen e teve recorde de visitantes.
 
Topo