Moda

Figurinista da novela "Fina Estampa" cria roupas para a peça "Vestido de Noiva", de Nelson Rodrigues

Divulgação
As rendas, as cores claras, a assimetria e os recortes estratégicos criam a atmosfera perturbadora de Alaíde, Lucia e Madame Clessi, na peça "Vestido de Noiva" imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

Uma versão inédita da peça "Vestido de Noiva" estreia neste sábado (24), no Rio de Janeiro (RJ), para homenagear os 100 anos do mais importante dramaturgo brasileiro, Nelson Rodrigues, morto em 1980.

Encenada pela primeira vez em 1943, a peça foi um marco no teatro nacional, causando polêmica com a implantação de um novo tipo de linguagem. A história narra o amor de duas irmãs pelo mesmo homem e conta com três planos psicológicos, o da alucinação, memória e realidade.

A nova versão, apresentada no CCBB até o dia 6 de maio, tem a global Viviane Pasmanter no elenco, com cenografia supervisionada por Daniela Thomas, a mesma que transforma os ambientes do prédio da Bienal para o São Paulo Fashion Week a cada temporada de moda, e o figurino de Beth Filipecki, responsável pelos looks da novela "Fina Estampa".

As roupas dos nove atores da trama possuem uma cartela de cores suave e neutra. As mulheres usam vestidos majoritariamente brancos, com muita renda e transparências, que revelam de maneira teatral a lingerie e os corserts das personagens. Já os homens usam looks confortáveis, de malha, com muitos drapeados e pregas molengas.

A cara despojada e desarrumada do figurino ganha força com as maquiagens borradas e cabelos bagunçados, tudo para transmitir ao público uma estética que una a confusão entre os planos da alucinação, memória e confusão.

Serviço:
"VESTIDO DE NOIVA"
Quando: 24/3 a 6/5; quartas a domingos, às 21h
Onde: CCBB (rua Primeiro de Março, 66, Centro, Rio de Janeiro, RJ)
Quanto: R$ 6
Tel.: 11 3808-2020
Para maiores de 18 anos

Topo