Moda

Apesar de discreto, cinto é acessório importante; saiba como combinar

Divulgação
Os cintos de lona ou cadarço são os que mais estão em evidência na moda e caíram no gosto da maioria dos homens. Eles combinam com calça de sarja ou jeans e camisa polo. Nos pés, prefira tênis tipo "flat" (bem baixo) e mocassim imagem: Divulgação

Ricardo Oliveros

Do UOL, em São Paulo

O cinto é um acessório que, quando usado de maneira correta, ninguém nota, mas todos reparam quando combinado de forma errada. A boa notícia é que as regras para combiná-lo com roupas e sapatos são bem simples, mesmo no look casual, de opções mais variadas e coloridas. Não importa o seu estilo, se a calça tem passante existe um modelo certo para usar.

Esta peça do vestuário existe desde 1300 a.C. e, desde então, vem segurando muitas túnicas e calças. No século 19 e até a Segunda Guerra Mundial, foi usada como elemento decorativo e símbolo de poder. No uniforme de exércitos de diferentes países, era comum usar um cinto largo bem apertado na cintura que realçava o tamanho dos ombros e conferia um ar mais imponente. Em 1920, o cinto tomou a forma como conhecemos hoje, sofrendo algumas variações de largura e desenho da fivela ao longo das décadas seguintes.

Acerte na combinação do cinto com sapato e roupa

Várias dúvidas rondam a cabeça do homem na hora de escolher o cinto correto. Tem que combinar com a cor do sapato? Dá para usar cinto com tênis? Quanto se deve ter de sobra no tamanho?  Qual a diferença de cinto preto formal para um cinto da mesma cor, só que casual? Mas não se preocupem, porque a coisa é mais simples do que parece.

Leia abaixo e aprenda a usar este importante, porém discreto, acessório.

Cinto formalQuando for usar terno, não tem erro: o cinto deve ser do mesmo tom e material do sapato. Com terno azul-marinho ou cinza, tanto o preto quanto o marrom caem bem. Já com os de cor marrom, é melhor combinar com sapatos e cintos de couro marrom, de preferência mais escuros. Os risca-de-giz ficam melhores com cinto e sapato de couro preto. A fivela deve ser discreta e a largura do cinto, mais fina, já que os passantes das calças não são largos. Lembre-se que quanto mais largo e maior a fivela, mais casual o cinto fica.
Cinto casualMais largo do que o formal, ele permite maior variedade de materiais e fivelas. Os de couro ou camurça, nas cores preta e marrom, são ótimos para usar com jeans e sapatos mais pesados de couro, como botinas e coturnos. Os modelos com fivelas grandes e tachas, fazem o estilo rock’n’roll, e combinam com os “sneakers” (tênis em edições especiais baseados em modelos do passado), além dos calçados citados anteriormente.
Cinto esportivoOs modelos de lona e cadarço são mais esportivos, e devem ser usados em ocasiões informais. Combinam com calça jeans, bermudas e calça de sarja, quando usados com camisa polo e camisetas. Nos pés, prefira tênis tipo “flat” (de cano bem baixo) ou mocassins. Neste caso, não há a preocupação de combinar as cores dos acessórios.
Tamanho do cintoA numeração do cinto é dada pelo comprimento, geralmente em centímetros. Caso não saiba o tamanho de sua cintura, vale a pena experimentar antes de comprar. A sobra do cinto não deve exceder mais do que dez a 15 centímetros da sua cintura, ou seja, ele deve dar a volta na calça e encaixar no passante ao lado do botão, não mais do que isso.

 

Topo