Moda

Países nórdicos se unem em novo "código de conduta" para a indústria da moda

Reprodução
Capa do código de conduta Nice, criado pela Associação Nórdica da Moda imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

A Associação Nórdica da Moda lançou um código de conduta social e ambiental voltado para a indústria e lançado durante a Conferência de Moda de Copenhague, realizada na semana passada na capital dinamarquesa. 
 
Batizado de Nice (de Iniciativa Nórdica, Limpa e Ética; ou simplesmente “legal”, em inglês) e inspirado pelo Pacto Global das Nações Unidas, o manual é composto por 16 princípios pensados para balizar a indústria da moda, incentivando o uso de materiais e processos de produção éticos, responsáveis e sustentáveis, em busca de um negócio mais justo para todas as partes envolvidas. 
 
Apesar de abordar aspectos como direitos humanos e dos animais, meio ambiente, relações éticas e adotar uma posição anticorrupção, o Nice afirma “não cobrir todos os aspectos de como operar eticamente na indústria de manufaturas” e pede para que regulamentações de produção e leis locais sejam seguidas por suas empresas.
 
A associação responsável pelo código é composta pelos conselhos de moda da Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia, unidos desde 2008 em prol do desenvolvimento sustentável de suas indústrias.
 
Veja abaixo um resumo dos 16 princípios e clique aqui para ler o manual completo (em inglês).

Princípios do código de conduta Nice para a indústria da moda

1. As empresas devem apoiar e respeitar a proteção dos direitos humanos internacionais
2. Certifique-se de que as empresas não sejam cúmplices de abusos dos direitos humanos
3. As empresas devem defender a liberdade de associação (ou liberdade sindical) e o reconhecimento efetivo do direito de negociação
4. A eliminação de todas as formas de trabalho forçado e compulsório
5. A abolição efetiva do trabalho infantil
6. A eliminação da discrimação em relação ao emprego e ocupação
7. As empresas devem defender uma abordagem precautória para os desafios ambientais
8. Tomar iniciativas que promovam maior responsabilidade ambiental
9. Encorajar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias sustentáveis
10. As empresas devem lutar contra a corrupção em todas as suas formas, incluindo a extorção e o suborno
11. Nós reconhecemos a decisão ética de não usar pele de animais. Em empresas em que os animais são usados para materiais de produção e/ou trabalho, tais animais devem ser tratados com dignidade e respeito
12. As empresas e seus estilistas devem trabalhar ativamente para encorajar o design sustentável e processos sustentáveis
13. As empresas devem promover uma estilo de vida saudável e ideais de um corpo saudável; e a idade mínima das modelos tem de ser 16 anos durante as semanas de moda e em outras ocasiões em que a quantidade de trabalho é excessiva
14. As empresas devem trabalhar em prol da transparência em sua rede de fornecedores
15. As empresas devem trabalhar em prol de um comprometimento mais forte entre varejistas, fornecedores e subempreiteiros para reforçar o desenvolvimento de uma indústria mineira segura (no caso de metais e pedras preciosas para a joalheria)
16. Todas as empresas envolvidas devem estar a todo tempo abertas e acessíveis para auditorias esperadas, semiesperadas ou inesperadas para monitorar e avaliar a conformidade com o código de conduta Nice
 
Topo