Moda

Leilão com roupas de herdeira da Guinness arrecada mais de R$ 1,5 milhão

Christie's/Divulgação
O lote com vestido Alexander McQueen, sozinho, ultrapassou a estimativa do leilão com itens da coleção pessoal de Daphne Guinness. A peça foi arrematada por R$ 275 mil imagem: Christie's/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

O leilão de roupas e acessórios da artista britânica Daphne Guinness arrecadou mais de R$ 1,5 milhão na noite desta quarta-feira (27) em evento organizado pela Christie’s de Londres.

A expectativa para o leilão era de 100 mil libras (ou um pouco mais de R$ 300 mil). Os lucros serão revertidos para a fundação Isabella Blow, criada em homenagem à editora de moda inglesa morta em 2007 com o objetivo de fomentar a arte e a moda e ampliar as pesquisas sobre depressão e saúde mental.

O valor estimado para todos os 102 lotes foi ultrapassado sozinho pela venda do pôster de Daphne Guinness em foto do peruano Mario Testino para a revista “Vogue”, vendido por cerca de R$ 430 mil.

Além da foto de Testino, as vendas atingiram recordes para itens de Alexander McQueen e Christian Lacroix. O vestido marfim de McQueen foi arrematado por R$ 275 mil, enquanto que o Lacroix com saia em camadas de tule branca atingiu R$ 52,5 mil. Participaram do leilão compradores de 21 países com lances por telefone, online ou pessoalmente.

Os lotes incluíam peças assinadas por Chanel, Dior, Gareth Pugh, Lanvin, McQueen entre outros nomes importantes da moda tradicional e contemporânea. Além de vestidos, casacos e conjuntos, o leilão inclui acessórios e fotos.

Conhecida pelas aparições excêntricas – marcadas pelo cabelo loiro quase branco mesclado ao preto –, Daphne é um dos ícones da moda, em especial na Inglaterra do século 20, e herdeira de Arhtur Guinness, o criador da famosa cerveja irlandesa.

Veja a lista completa e os valores finais das vendas aqui

Topo