Moda

Saiba identificar e onde comprar uma boa calça jeans por até R$ 150

Divulgação
Diferentes possibilidades de lavagens e modelos fazem da calça jeans uma das peças mais democráticas do vestuário masculino imagem: Divulgação

Ricardo Oliveros

Do UOL, em São Paulo

Jeans é a peça mais democrática do guarda-roupa e combina bem com todos os estilos, dependendo do tipo de lavagem e do corte. Apesar de existirem calças que custam mais de R$ 3.000, conhecidas como “premium”, termo usado pelo mercado para qualificar o segmento de luxo do setor, você não precisa gastar uma fortuna para encontrar uma boa calça jeans. Hora H desta semana mostra que é possível comprar peças por menos de R$ 150.

O setor de jeans no Brasil movimenta R$ 8,2 bilhões por ano, segundo dados da Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção). De acordo com a entidade, o país é o segundo maior produtor do tecido, perdendo apenas para a China. São produzidas mais de 226 milhões de peças por ano e a exportação é de 51,4 milhões de metros, atrás apenas dos Estados Unidos.

Marcas como Levi's, Zara, Calvin Klein e Replay consomem nosso produto na produção de suas peças. A mistura do valor da marca, modelagem, tipo de lavagem, costura, aviamentos, acabamento, são itens que colaboram para o preço final de um jeans.

Além da marca, é bom prestar atenção em alguns detalhes quando for adquirir uma nova peça. O primeiro deles é o tecido. Existem jeans leves e pesados, e isso é dado pela gramatura em onças (oz). O tecido que possui entre cinco e dez onças é considerado bem leve e serve para fazer camisas; os de dez a 11 onças são ideais para jaquetas; para as calças temos os tecidos de 12 a 14 onças. Um bom denim é produzido com 100% algodão, mas para quem gosta de peças mais confortáveis, veja se a composição tem elastano, que dá flexibilidade ao tecido.

Depois de passar pelo crivo da etiqueta, experimente a calça e veja se não tem muita sobra na cintura, se ela permite a sua locomoção (abaixar, sentar, levantar) com facilidade, sem agarrar muito. Observe o tipo de modelagem. As de corte reto são os modelos mais tradicionais; o corte “slim fit” é rente ao corpo, é o mais atual; o “skinny” é aquele bem justo.

O tipo de lavagem influi no visual da calça e define a ocasião em que poderá usá-la. As peças com menos lavagens, de cor escura, como azuis e pretos, são ótimas para utilizar no trabalho e em situações mais formais. As mais claras são para situações informais e para quando o tempo esquentar, assim como os jeans de lavagens médias, ou seja, que têm cores mais claras em determinadas regiões, imitando o desgaste da peça. As lavagens mais agressivas, com áreas desbotadas ou até com rasgos estratégicos, são modelos bem informais, indicados para sair e para usar nos finais de semana.

Não esqueça de olhar o tipo de fechamento da calça, priorizando aquelas que possuam costuras duplas, mais reforçadas. Veja também se os botões estão bem costurados ou pregados, se o zíper abre e fecha com facilidade. Atente ao acabamento interno dos bolsos e se são feitos com tecido de qualidade, especialmente os da frente, caso contrário, podem rasgar com facilidade. 

Topo