Moda

"Estilo é ser simples", diz designer italiana da luxuosa Tiffany

Divulgação
A designer italiana Elsa Peretti, um dos principais nomes da Tiffany & Co imagem: Divulgação

Fernanda Schimidt e Vanda Fulaneto

Do UOL, em São Paulo

“Estilo é ser simples”, define a designer italiana Elsa Peretti, um dos principais nomes de criação da Tiffany & Co., a luxuosa marca de joias norte-americana.

Elsa, 72, inovou o design de joias ao buscar uma estética caracterizada pela estilização de formas naturais, investindo na prata e eliminando os excessos. “Muito da minha inspiração vem de coisas táteis”, explicou ela em entrevista ao UOL, “das formas orgânicas de uma lágrima, um feijão, um osso, um coração ou uma estrela-do-mar”.

Daí, surgiram peças icônicas como o pendente “teardrop”, uma pequena lágrima em prata. O metal é seu material favorito. “Prefiro por conta de sua suavidade, leveza e luminosidade. Também gosto de laqueado, que uso com uma técnica japonesa chamada urushi”, contou. O processo inspirado por seus colegas nipônicos tem 70 passos e resulta em pulseiras e bolsas.

Para Elsa, “as joias têm de ter qualidade e originalidade”. Esse, acredita ela, é também o motivo do sucesso da Tiffany, marca para a qual criou mais de 100 modelos desde 1974 e com quem tem contrato de exclusividade.

Início por acaso

A designer, que nasceu em Florença e cresceu em Roma, hoje vai a Barcelona para pensar e a Nova York para realizar. Durante uma viagem à cidade norte-americana em 1969 descobriu a paixão pelo design de joias ao desenhar suas próprias peças, que foram incorporadas ao desfile de Giorgio di Sant’Angelo.

O sucesso da parceria rendeu convites para desenvolver uma linha de embalagens para cosméticos e um frasco de perfume para o grupo Halston. Em 1996, Elsa foi premiada a melhor designer de acessórios pelo Conselho de Estilistas dos Estados Unidos (CFDA). 

Topo