Moda

Mundo da moda vira conto de fadas em biografia de Christian Lacroix

Divulgação
Ilustração de Lacroix para o livro "Christian Lacroix e o conto da Bela Adormecida" imagem: Divulgação

Heloísa Dall'Antonia

Do UOL, em São Paulo

Você certamente conhece bem a história de “A Bela Adormecida”. Mas já parou para pensar em quão devastador foi para o reino da princesa o fato de que ninguém mais podia usar rocas de fiar no período em que a maldição ainda não havia se perpetuado? Para evitar as agulhas, os moradores locais passaram a usar sacos enormes e sem forma para se vestir, transformando o reino num lugar seguro para a futura monarca, mas também um ponto de gente muito mal vestida. É com esse olhar diferente sobre um conhecido clássico que Camilla Morton retratou a biografia do costureiro francês em “Christian Lacroix e o Conto da Bela Adormecida”, da Master Books, que chegou recentemente ao mercado. Ainda bem vivo, Lacroix empresta seu talento para as ilustrações da publicação.

Na trama, as vidas da princesa amaldiçoada (pela Fada das Estações Passadas, é bom que se diga) e do criativo estilista se conectam através de um globo de neve mágico. Bela (a personagem não se chama Aurora no livro) consegue ver outros reinos distantes com ele e é assim que passa a acompanhar o crescimento imaginativo e profissional de Lacroix. Ele, por sua vez, parece ter como modelo perfeita para todas as suas criações o desenho de uma moça que muito se parece com a protagonista.

Assim, ao mesmo tempo em que o costureiro ia em busca de seu sonho, ele contribuía para que a garotinha seguisse seus passos, aprendendo a fazer o que pudesse pela moda de seu reino sem objetos perfurantes (criando estampas ou fazendo tricô de dedo). Mas, seguindo a dinâmica dos contos de fadas, nem todo esse cuidado pôde evitar a maldição.

  • Divulgação

É claro, porém, que Lacroix vai ter a chance de retribuir a inspiração da princesa entrando ele também no Reino Distante e Próspero. Mas guarde segredo. Ninguém pode saber que a imaginação do estilista é reconhecida também em outro mundo, ou corre-se o risco de outra fada mal-humorada colocar tudo a perder.

“Eu adoro o escapismo junto da máxima ‘siga os seus sonhos’”, declarou Morton – que é jornalista de moda e colaborou com John Galliano em projetos para a Dior e para a grife do próprio estilista - à "Vogue" norte-americana. Com o mesmo conceito, a autora também escreveu “Manolo Blahnik, The Tale of The Elves and The Shoemaker”, sobre o estilista de sapatos preferido de Carrie Bradshaw em “Sex and the City”.

  • Divulgação

“Christian Lacroix e o conto da Bela Adormecida”
Camilla Morton com ilustrações de Christian Lacroix
Editora Master Books
112 páginas
R$ 49

Topo