Moda

Especialista dá dicas simples para "levantar" o visual dos rapazes

Ricardo Oliveros

Do UOL, em São Paulo

Nos bastidores de um desfile ou foto de moda, está a figura do stylist, responsável pela imagem da marca ou do conceito que se quer passar. Ele tem uma série de truques para que o conjunto de peças e acessórios, conhecido no meio por “look”, fique mais interessante do que na vida real. A coluna Hora H dessa semana convidou Sator Endo, que trabalha há 13 anos com moda e em publicações como "VIP", "Playboy" e "Vogue" para dar dicas fáceis de como os rapazes podem levantar seu visual.


O stylist escolheu o estilo “college”, que surgiu a partir das roupas que os estudantes ingleses e americanos usavam na década de 1950 e se tornou uma eterna fonte de inspiração para coleções masculinas. A moda sempre dá um jeito de atualizar aquilo que já foi visto e usado e, no caso da moda masculina, isto acontece nos pequenos detalhes.

“A ideia central é usar peças clássicas do 'college' como blazer, gravata, jaqueta e cardigã de uma maneira casual e moderna. A base das combinações é a calça jeans, que vai bem com grande parte do nosso guarda roupa”, explica Endo.

1. Blazer não precisa ser careta

“O blazer mais atual é o de dois botões, de corte 'slim fit’ (mais rente ao corpo), com lapelas mais pontudas, que ajudam a dar uma alongada na silhueta”, diz o stylist. Ele optou por combiná-lo com camiseta estampada. “Nos desfiles internacionais e nacionais, é comum vê-lo com as mangas arregaçadas, numa releitura dos anos 1980, só que sem as ombreiras marcadas. É uma forma de atualizar seu uso”.


2. Calça jeans mais rente ao corpo

“Existem vários modelos de calça jeans em relação à sua forma: reta, 'cenoura' (que é mais larga no cavalo e afunilada na parte de baixo), 'skinny' (bem justa) e a 'slim fit', bem atual, porque é rente ao corpo, sem ser justa e tem um pouco de elastano na sua composição, que deixa o jeans mais elástico e confortável”, diz ele.

3. “Sneakers” estão em alta

“A cultura ‘sneaker’ (tênis, em inglês), especialmente os de edições limitadas, está em alta e muitas marcas de luxo estão apostando nestes modelos, redefinindo sua origem esportiva”.

4. Óculos escuros em estilo retrô

Um bom par de óculos escuros dá uma levantada em qualquer produção e faz com que a gente fique com aquele ar de celebridade. “As armações em estilo retrô como Wayfarer e os modelos com padrão tartaruga estão em evidência e caem bem para a maioria dos tipos de rostos”, afirma.

5. Jaqueta é um clássico

A jaqueta é uma peça versátil e tem vários modelos para escolher. “Hoje existem muitos famosos combinando a jaqueta com gravata. Lembre-se de que os modelos mais estreitos ficam melhores neste caso”.

6. Gravata mais estreita

“A gravata para uso moderno é a mais estreita. Nos Estados Unidos, foram lançados os modelos com grafismos, mas se você não for tão moderno, pode optar pelo modelo liso em preto”.

7. Barra dobrada da calça

Nos anos 1950, as barras das calças de quem adotava o estilo “college” eram mais curtas. “A barra da calça mais curta voltou e foi vista em diversos desfiles e editoriais de moda, mas não precisa exagerar, basta dar uma enrolada e deixar na altura do calcanhar”, explica o stylist Sator Endo.

8. Cardigã é uma peça versátil

Esta peça teve origem militar no País de Gales, no século 19, e acabou sendo incorporada ao uniforme das escolas preparatórias inglesas e americanas na década de 1950. Foi um dos “uniformes” de Kurt Cobain, do Nirvana, que costumava usar um modelo “podrinho”, ou seja, bem solto e com aparência de velho. “É uma peça clássica e ao mesmo tempo muito prática, porque combina com tudo, de um jeito mais arrumado com calça de alfaiataria ou de modo casual com calça jeans”.

9. Camisa xadrez para quebrar o clima

“Ao pensar em um determinado estilo, nem tudo precisa ser literal. A camisa xadrez, por exemplo, não pertence ao 'college', mas é ótima para quebrar a ideia do uniforme”, explica o stylist. 

10. Como arregaçar as mangas

“Há modelos de camisas que vêm com prendedores na altura do cotovelo que são para segurar a manga dobrada. Caso sua camisa não tenha este recurso, faça duas dobras a partir do punho e puxe a manga até o cotovelo”. 

Topo