Moda

Estilista norte-americano cria coleção inspirada nas gangues Bloods e Crips de LA

Divulgação
Looks da coleção "Made in America" de Kyle Svendsen, inspirada pelas gangues Bloods e Crips, de Los Angeles imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

A rivalidade entre os Bloods e Crips, duas das mais famosas e perigosas gangues de rua de Los Angeles, transformou-se em coleção de moda nas mãos do estilista norte-americano Kyle Svendsen.

Com o nome “Made in America” (“Feito na América”, em inglês), a coleção tem foco nas cores vermelho e azul, em especial nas bandanas, peças comumente associadas às gangues, responsáveis por brigas e tráfico de drogas desde a década de 1970. Os Bloods são identificados pelo vermelho, enquanto que os Crips, pelo azul. Em meio à guerra entre gangues, o uso das cores “erradas” pode resultar em mortes ou pancadarias.

O estilista, que nasceu no Colorado, afirmou ser fã do hip hop da década de 90, em especial do rapper Ice Cube. Em entrevista ao site “Huffington Post”, Svendsen disse que a coleção – feminina – não foi inspirada especificamente com foco nas duas gangues, mas no estilo dos rappers e no hip hop californiano dos anos 90. “Por isso os shorts amplos, as camisetas grandes, as bandanas e os vestidos”, afirmou.

Topo