Moda

Atualizada em 05.03.2015 13h56

Participação de virgem do leilão em desfile foi cancelada por pressão de clientes

FotoRio News
A catarinense Catarina Miglorini, que ficou famosa ao leiloar sua virgindade na internet, ia desfilar para a TNG, mas acabou apenas assistindo à apresentação da primeira fila (07/11/2012) imagem: FotoRio News

Do UOL, em São Paulo

Depois de cancelar em cima da hora a participação da jovem Catarina Migliorini no desfile da TNG - que encerra o primeiro dia do Fashion Rio Inverno 2013-,  Tito Bessa Jr, dono da grife, revelou que a repercussão negativa na internet e a pressão dos clientes fizeram a marca rever a decisão de levar às passarelas a catarinense que ficou famosa por leiloar sua virgindade na internet. "A gente tem que entender quem a gente atende, se eles não concordarem, temos que refazer (a ação). É uma decisão em respeito a todos que estão com a TNG há 28 anos". Durante a tarde desta quarta, o empresário disse à Folha que a jovem não representa a marca e que também não saberia desfilar. Quando anunciou o convite, porém, Bessa disse que a decisão seria para mostrar que o mundo da moda "tão cheio de diversidades, não é preconceituoso".

O desfile da TNG teve a presença do galã global Rodrigo Lombardi que, questionado se seria ruim desfilar ao lado de Catarina, disse que não. "Ela leiloou o que é dela, ninguém tem nada com isso".

Paulo Ricardo, que estava no coletiva por conta da apresentação do RPM no desfile, também opinou: "Não sei as circunstâncias, mas acho que é um grande circo (a história do leilão de virgindade), é tipo a mulher barbada, são bizarrices do mundo", falou.

Atualização: Mesmo com toda a polêmica envolvendo seu nome, Catarina Miglorini foi ao Píer Mauá e assistiu ao desfile na primeira fila, mas não falou com a imprensa.

Topo