Moda

Dicas de estilo ajudam homens GG a se vestir bem; aprenda com os looks de famosos

Getty Images/Divulgação/TV Globo
Aprenda com os looks de famosos gordinhos como Jonah Hill, Leo Jaime e André Marques a acertar na escolha de roupas imagem: Getty Images/Divulgação/TV Globo

Ricardo Oliveros

Do UOL, em São Paulo

Depois que as mulheres “plus-size” (tamanho grande) conquistaram seu espaço e mercado específico, ao que tudo indica é a vez dos homens tamanho GG. Leo Jaime, cantor, apresentador e ator, falou à coluna Hora H sobre o assunto e Manu Carvalho, editora, consultora de moda, professora e consultora de artistas e marcas, deu dicas para você acertar na hora de escolher uma roupa.

"A maior parte da população do mundo está acima do 'peso', se é que existe um 'peso', e todos vamos ter que nos adaptar a esta realidade. Todos são ou vão ser gordos, ou gostar de um gordo, ou admirar um gordo, ou ter prazer com um, seja em que nível for. Conviva com esta ideia, amigo ou amiga", escreveu Leo Jaime em seu blog.

De fato, os homens não estão livres do efeito “sanfona”, aquele em que você engorda-emagrece-engorda. E, se analisarmos o antes e depois de famosos como Axl Rose, Arnold Schwarzenegger, Val Kimmer e Steven Segal, que outrora exibiam seus físicos magros ou musculosos, veremos que qualquer um pode ter mesmo que usar tamanhos maiores.

O mercado brasileiro está se adaptando a uma realidade em que praticamente metade, ou seja, 49% da população brasileira, tem excesso de peso, de acordo com os dados da pesquisa Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), divulgada em 2012 pelo Ministério da Saúde.

Os homens com sobrepeso enfrentam menos dificuldades do que as mulheres na hora de encontrar roupas. A maioria das marcas, especialmente as americanas, fabricam suas peças em tamanhos maiores, de acordo com Leo Jaime.  “Não tenho muita dificuldade para encontrar roupas para o meu tamanho, mas tenho os lugares certos para procurar. Nos Estados Unidos é bem mais fácil, é verdade. Até naquele lance de tamanho da perna e tamanho da cintura é melhor para comprar calças por lá. O fato é que tem gente de todo tamanho e estilo. É preciso haver a mesma diversidade na cabeça dos fabricantes”, diz.

Ele mesmo foi garoto-propaganda da Reserva, quando lançou sua linha 3G. Para Rony Meisler, estilista e um dos sócios da marca carioca, foi um sucesso de vendas. “As lojas que receberam a linha cresceram 8% em faturamento no próprio mês do lançamento e hoje estabilizaram em 12% de crescimento com base em histórico de vendas”.

Consultora Manu Carvalho dá dicas para acertar nas escolhas de moda GG

USEEVITE
Linhas verticaisLinhas e listras horizontais
Cores escurasCores claras ou estampas
Tecidos e materiais foscosTecidos e materiais brilhantes
Tecidos e materiais sem texturaTecidos e materiais com textura
Roupas com modelagem mais secaRoupas muito largas e com volumes pontuais

O cantor e apresentador diz que não tem preocupações com cores e padrões na hora de escolher suas roupas, no sentido de disfarçar seu tamanho. “Preocupo-me com conforto e estilo. Disfarçar não é uma preocupação. Gosto é”.

Manu Carvalho diz que não é uma questão de disfarçar ou não, mas de prestar atenção naquilo que cai bem ou não de acordo com o tipo físico. “Lembra daquela máxima que ouvimos desde sempre que 'linha horizontal engorda/aumenta e linha vertical emagrece/diminui’? A gente pensa, bom, uso pouco listrado, então essa regra não ajuda muito. Eu pensava isso até me ‘tocar’ de todas as linhas envolvidas, muitíssimo mais sutis do que listras! São absolutamente todas as linhas que fazem diferença, separadas e juntas, porque o olho, instintivamente segue as linhas e para onde tem uma linha cruzando. Isso simplesmente acontece, é instintivo, não se negocia”. 

Por consequência, ela explica que quando se quer afinar ou alongar a silhueta devemos pensar em todas as linhas verticais: uma gola mais pontuda, uma camiseta com decote em V, conjunto monocromático com tudo na mesma cor: camisa, cinto, calça, sapato.

Além disso, Leo acrescenta: “Evite camisas que são curtas demais. Levante as mãos na hora em que experimentar. Se aparecer a barriga ou a camisa não voltar naturalmente para o lugar, ela não serve em você. Evite usar coisas muito maiores do que precisa. Evite calças com as pernas muito largas. Sobretudo, evite o estilo "embalado a vácuo", ou seja, muito justo. Não fica bem nem em mulheres saradas”.

Uma coisa importante a acrescentar e que vale para qualquer tipo de homem é evitar qualquer tipo de desleixo, como roupas amassadas, barras de calças mal feitas ou empapadas e roupas que não são do seu tamanho. 

 

Topo