Moda

Invista em básicos e clássicos nas liquidações de verão

Divulgação
Aproveita as liquidações para investir em peças clássicas e básicas que não vão sair de moda imagem: Divulgação

Ricardo Oliveros

Do UOL, em São Paulo

Basta uma vista rápida nas vitrines para perceber que a grande temporada de liquidação do Verão 2013 começou.  Isso não quer dizer que é para sair comprando qualquer coisa, só pelo preço convidativo. Para o barato não sair caro, é preciso saber o que comprar e quanto você pretende gastar.

Pense que uma liquidação pode ser uma oportunidade interessante para comprar boas peças por um bom preço. Entre os itens que você deve pensar em adquirir estão os ternos, blazers e jaquetas, que podem ser úteis o ano todo. Camisas em cores tradicionais, como branco e azul, são excelentes opções, porque combinam com a maior parte das calças, sejam formais ou casuais. As com padrão xadrez são ótimas, porque podem ser usadas no inverno. Camisas polos já viraram clássicas e mesmo no inverno podem ser combinadas com jaquetas e malhas. Calças jeans também devem ser consideradas, caso você já não tenha um número suficiente delas. Sapatos e tênis são os melhores acessórios para complementar seu visual.

De qualquer forma, preste muita atenção nestas dicas, antes de se aventurar a sair comprando sem direção:

1. Não compre por impulso

Antes de sair para comprar, é preciso analisar seu guarda-roupa e ver quais são as peças que você realmente precisa ou quais poderiam dar uma “levantada” no seu visual.

2. Analise seu orçamento e as formas de pagamento

Veja o quanto você pretende gastar e nada de contrair dívidas desnecessárias, especialmente em liquidações. De acordo com o Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon), “valores pagos à vista são sempre mais vantajosos para o consumidor, que tem a possibilidade de negociar descontos. No cartão de crédito ou débito, o fornecedor ou lojista não poderá restringir o uso, impondo valores mínimos para compras no cartão de crédito, fazendo diferenciação de preço para pagamento à vista. Também não poderá o comerciante negar a venda de produtos em promoção no cartão de crédito, caso aceite esse tipo de pagamento".

3. Experimente antes de comprar

O Procon alerta que “os produtos que não apresentem defeito, o comerciante não está obrigado a realizar trocas por motivo de gosto, cor ou tamanho. Porém, se o lojista ou o vendedor permitir a troca de mercadorias por estes motivos, esta possibilidade deve ser exigida por escrito na nota fiscal de compra do produto”.

4. Invista nos básicos e nos clássicos

Esta é a hora certa para adquirir não somente peças baratas, mas alguns itens mais caros, como um terno ou blazer que nunca saem de moda e que vão estar com um preço melhor nas liquidações.

5. Escolha boas marcas

Há uma grande diferença entre comprar muito e comprar bem. Se seu objetivo é a segunda opção, procure marcas com as quais você se identifica, mesmo achando que são caras demais. Quem sabe você não encontra uma peça de que precisa pela metade do preço?

Topo