Moda

Atualizada em 05.03.2013 18h36

Loja de tecidos de AL usa goleiro Bruno para celebrar Dia da Mulher

Reprodução
Mensagem da loja Costurella, de Maceió (AL), em homenagem ao Dia da Mulher, provocou revolta nas redes sociais imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

Uma loja de tecidos e aviamentos de Maceió (AL) provocou revolta nas redes sociais nesta terça-feira (5) ao usar o caso Eliza Samudio como homenagem ao Dia da Mulher.

Em imagem publicada em seu perfil no Facebook, a loja Costurella dizia “As mulheres dizem que Cristiano Ronaldo e Kaká são lindos de morrer, elas precisam conhecer o goleiro Bruno, ele é de matar”.

A mensagem foi recebida com revolta por diversos internautas e rendeu um pedido de desculpas na mesma página, chamando o incidente de “brincadeira”. “A aqueles que se sentiram ofendidos, saibam que nossa intenção era desenvolver uma campanha divertida. Tomaremos mais cuidado das próximas vezes (...)”, diz o comunicado.

O suposto bom humor também foi utilizado em outras mensagens para celebrar a data, como “O homem certo não faz a sua namorada sentir ciúmes das outras, ele faz as outras mulheres sentirem inveja da sua namorada” ou “Engana-se o homem que pensa que o sonho de toda mulher é encontrar o príncipe encantado. O sonho de toda mulher é comer sem engordar!”.

Minutos após a publicação da notícia no UOL, a página da Costurella foi tirada do ar.

O que você achou da ação da loja? Dê a sua opinião nos comentários abaixo. 

Topo