Moda

Vestidos de luxo podem ser alugados por até 11% do valor original

Divulgação
Entre os vestidos disponíveis para locação no site Dress & Go estão peças de marcas como Missoni, Iódice e Maria Garica (esq. para dir.) imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

Escolher um vestido para festas formais costuma ser tarefa difícil, especialmente para quem tem eventos neste caráter com pouca frequência. As peças são caras e não podem ser usadas no dia a dia. Além de disso, a ideia de ficar com a imagem associada a um único vestido também desagrada muitas mulheres.

Com o objetivo de facilitar a vida de quem tem eventos arrumados para ir e quer variar os looks gastando menos, foi lançado em fevereiro deste ano o site Dress & Go, primeiro especializado em locação de vestidos de luxo no Brasil.

Alguns meses após a estreia, a oferta de marcas foi ampliada e atualmente conta com peças de estilistas nacionais, entre eles André Lima, Carlos Miele, Reinaldo Lourenço, e também internacionais, como a Missoni. O aluguel custa entre 11% e 40% do valor original da peça, que também pode ser comprada pela cliente interessada em adquiri-la permanentemente. O preço praticado nestes casos é o mesmo da loja própria do estilista.

Entre as peças mais baratas, está vestido Iódice longo preto por R$ 155, um curto da Maria Garcia a R$ 208, e Jodri com brilho por R$ 213. O mais caro é um Missoni em tricô com o tradicional zigue-zague da marca italiana, por R$ 878. O período do aluguel pode variar de quatro a oito dias e a peça é entregue em casa - não é necessário lavá-la antes da devolução.

O aluguel de bolsas de marcas de luxo é algo que faz sucesso há tempos no exterior e ganhou fama com a personagem de Jennifer Hudson no filme “Sex and the City”, de 2008. No Brasil, já há diversos sites especializados no assunto, como BoBags, Bolsa etc e Glam Bags.

Topo