Moda

Peças tidas como formais podem montar um look casual arrumado

Divulgação
O colete originalmente faz parte do terno, mas ele pode ser usado com blazer, de forma não coordenada e com calça jeans imagem: Divulgação

Ricardo Oliveros

Do UOL, em São Paulo

Uma das maiores tendências atuais da moda masculina é romper os limites entre o formal e o casual. Os americanos criaram o termo "smart casual", algo que poderia ser traduzido como "casual elegante", para definir o uso de peças como o blazer e o colete de alfaiataria de uma maneira mais confortável, ou peças informais de um jeito mais alinhado.

A união de peças-chave formais como o blazer, o colete, a calça de alfaitaria e acessórios como a gravata, o lenço e a abotoadura com outras usadas no dia a dia, como a camiseta, a polo e a calça jeans ajuda a valorizar o visual e criar um estilo pessoal. A mistura entre padrões e estampas e o contraste e harmonia de cores também é bem vinda dentro do estilo "smart casual".

A boa notícia é que os homens têm mais possibilidades de combinações e a má é que a confusão aumentou na hora das escolhas. Veja em quatro passos como aderir à moda sem errar:
 
1. Caimento da roupa é fundamental 
Uma regra que vale para qualquer estilo, mas que é muito valorizada no "smart casual", é o caimento das peças. Para conseguir um bom resultado,  opte pela modelagem "slim" (rente ao corpo) e a "fit" (ajustada com conforto) tanto nas calças, como em blazers e camisas.
 
2. O ambiente e a ocasião influenciam nas escolhas
Como este estilo permite combinações que vão das discretas até as mais ousadas, é importante se vestir com adequação ao ambiente e situação. Em locais de trabalho e ocasiões formais, devem ser usadas combinações mais discretas, e para saídas à noite, como em festas e bares, a ousadia é permitida.
 
 
3. Pequenas trocas, grandes resultados
A vantagem desse estilo é que nem sempre é necessário ir às compras, pois a maioria das peças básicas já estão nos nossos guarda-roupas.
 
Para aderir ao estilo mais ousado vale usar uma camisa estampada, no lugar de uma lisa, ou mesmo apostar em uma gravata de cor mais forte, ou em um lenço colocado no bolso do paletó. Estas pequenas mudanças nas suas escolhas ajudam a deixar o visual mais interessante. 
 
O mesmo raciocínio vale para quando queremos ficar mais elegantes ou mais casuais. Se usarmos um blazer com camisa branca e calça de sarja é um pouco mais arrumado do que se usar o mesmo blazer com camisa polo e calça jeans. 
 
4. Peças tradicionais podem ser usadas de maneira diferente
Apesar de serem peças consideradas formais, o blazer, o colete e a gravata também podem ganhar ares mais casuais, dependendo do tecido, padronagem ou em como vai compor uma combinação.
 
Para mudar, basta usar o blazer com uma camisa xadrez, por exemplo, escapando do tradicional uso das camisas lisas.
 
Já o colete, pode ser combinado com calça de alfaiataria, mas sem o terno completo, quando é desejável estar mais arrumado, mas sem tanta formalidade. A peça também pode ser usada com camiseta e calça jeans.
 
As gravatas com espessura mais fina, em especial as xadrezes, são ótimas opções para quem quer sair do padrão listrado, mais comum. As gravatas borboletas continuam em alta em jovens descolados do Hemisfério Norte e já começam a aparecer por aqui. 
 
O lenço no bolso do paletó ou blazer é um detalhe que faz a diferença no conjunto final, ainda mais se o look estiver casual demais. 
Topo