Moda

Em coleção popular, vestidos de Cavalli ficam 90% mais baratos

Reinaldo Canato/UOL
22.out.2013 - O estilista italiano Roberto Cavalli veio ao Brasil para lançar sua coleção em parceria com a C&A imagem: Reinaldo Canato/UOL

Julia Guglielmetti

Do UOL, em São Paulo

As parcerias de grandes nomes com as redes populares estão tornando a moda cada vez mais democrática. A C&A, que já vendeu linhas assinadas por Gisele Bündchen, Stella McCartney e Alexandre Herchcovitch, irá lançar em novembro uma coleção com uma das mais cobiçadas grifes entre as brasileiras, a Roberto Cavalli, com seus vestidos estampados e esvoaçantes.

O renomado estilista italiano já vestiu celebridades como Madonna, Beyoncé, Jennifer Lopez e Sharon Stone, tem suas peças reconhecidas pelo trabalho com estampa animal em tecidos nobres e looks feitos para mulheres sensuais.

Apesar de ter um acabamento mais simplificado e com menos detalhes trabalhados, todas as peças da coleção popular são em seda pura, jérsei de seda e algodão, nada de poliéster. Um longo estampado, por exemplo, poderá ser comprado na C&A por R$ 799, enquanto que na loja da Roberto Cavalli em São Paulo sairia por cerca de R$ 10.000. Já um blazer, que na loja da grife custa cerca de R$ 9.000, sairá por R$ 349 na rede de varejo. A linha será lançada no dia 5 de novembro e contará com 57 modelos.

"Há seis anos fiz uma parceria com a rede sueca H&M e gostei muito", conta o estilista sobre seus motivos para fechar a parceria com a C&A. "A ideia não é necessariamente ganhar dinheiro, é poder dar prazer para uma garota que sempre quis ter uma roupa Cavalli e agora pode comprar".

Outra razão que motivou o estilista a vender peças mais acessíveis por aqui é seu amor pelo país. "O Brasil é meu país favorito, e as mulheres são sempre muito sexys, elas têm algo de diferente, eu me sinto tímido perto de uma brasileira", brinca. Apesar disto, ele revela que conhece pouco da moda brasileira e alfinetou uma marca, cujo nome não revelou, porque "me imita em tudo".

Topo