Moda

Famosas defendem repetição de look e dão dicas de moda no SPFW

AgNews
A apresentadora Ana Furtado no primeiro dia de desfiles do São Paulo Fashion Week para o Inverno 2014 (28/10/2013) imagem: AgNews

Caroline Pereira

Do UOL, em São Paulo

“Repetir é chique, vivemos num momento econômico delicado, acho bacana investir em poucas e boas peças”, disse a apresentadora Ana Furtado, incentivando a repetição de looks sem medo. Ela é defensora do estilo minimalista, com a máxima de que “menos é sempre mais”.

O lema “poucas e boas” também é abraçado pela top Carol Ribeiro, que indica uma boa mistura na hora de rechear o guarda-roupa. “Não é necessário gastar rios de dinheiro com grifes o tempo todo. Mais importante é saber gastar com as peças certas, como um blazer bem cortado que vai durar a vida inteira”, afirmou ela, que esteve na passarela da Animale, no primeiro dia de desfiles do São Paulo Fashion Week Inverno 2014 na tarde desta segunda-feira (28).

Ter estilo próprio sem ficar refém do que ditam as tendências também é lei para outras famosas. “Gosto de coisas bonitas, a estrutura de boas roupas e isso eu encontro em qualquer lugar”, comenta Fernanda Young, escritora e criadora da série “Os Normais”. Fernanda elege os vestidos de comprimento mídi (logo abaixo do joelho) como um dos itens favoritos. “Não é muito usado aqui no Brasil, mas acho que traz muita elegância”, completa.  A cantora Marina Lima prefere o conforto das calças e os descolados casacos de couro como elementos essenciais de seu estilo e também defende a importância da personalidade na hora da escolha, “Eu trabalho com meu olho, não preciso de grife para achar se alguma coisa é boa ou não”.

Na contramão das cores sóbrias, como os cinzas e pretos que estão nos desfiles de inverno, o cabeleireiro Marco Antônio de Biaggi é o representante das estampas e cores vibrantes. “Posso estar triste, num dia ruim, mas visto pink ou turquesa, que enfeita até quem está do lado”, falou. Para ele, estar na moda é uma questão do acaso. “Se as estampas estiverem na moda, eu fico ‘in’”, completou. Fã de marcas conceituadas (e caras) como Osklen e Ricardo Almeida, o cabeleireiro também se aventura pelas araras do fast fashion em lojas como a internacional H&M.

Já a apresentadora e ex-BBB Iris Stefanelli se atenta ao caimento das roupas. “Gravo 30 vezes por semana e, como não é em estúdio, preciso focar em peças que caiam bem no meu corpo”, explica. Iris aproveita para se inspirar nas tendências e modelos enquanto trabalha durante a semana de moda, mas sempre editando o que vê para adaptar à sua estatura, mais baixa do que a das tops. “Presto atenção em tudo que vejo aqui, mas só compro mesmo aquilo que veste bem”, finalizou.

Topo