Moda

"As brasileiras são mais seguidoras de moda", diz stylist norte-americano

Fernanda Schimidt/UOL
O stylist Michael Vendola posa no camarim do desfile de Vitorino Campos durante o São Paulo Fashion Week Inverno 2014 imagem: Fernanda Schimidt/UOL

Fernanda Schimidt

Do UOL, em São Paulo

Há, no mundo da moda, quem ache que as brasileiras não têm estilo. Para o stylist norte-americano criado na Bahia Michael Vendola, o que acontece por aqui é exatamente o oposto. “As brasileiras são mais seguidoras de moda do que as mulheres de outros países. Quando tem algo na moda, em alta na novela, todo mundo usa”, afirmou.

O stylist, responsável pelos looks do desfile de Vitorino Campos, já trabalhou com Annie Leibovitz em campanha da Louis Vuitton e esteve também nos bastidores de propaganda da Victoria’s Secret.  Ele acredita que a linha que determina sensualidade ou vulgaridade está na personalidade. “Duas mulheres podem estar vestindo a mesma coisa, e uma estar sensual e a outra, vulgar”, disse.

Vendola acredita que uma peça ficar boa ou não depende do biotipo. “Se você tem um colo bonito, vai querer valorizá-lo. Não tem nada que funcione para todo mundo, a não ser o preto!”, falou.

Ele acredita que as mulheres têm de se vestir de acordo com a sua idade, sem forçar um visual mais jovem. “A Flávia Alessandra incorpora a moda sem ser vítima dela, sempre mantendo a elegância”, opinou.

Topo