Moda

Estilistas impulsionam moda masculina para a próxima estação

Alexandre Schneider/UOL
Peça clássica do vestuário, a parka esnaia retorno à moda, puxado pela tendência utilitária com grandes bolsos frontais imagem: Alexandre Schneider/UOL

Ricardo Oliveros

Do UOL, em São Paulo

As roupas para o verão mal chegaram às vitrines, e o calendário da moda já pulou para o Inverno 2014. Durante os dias 28 de outubro a 01 de novembro, 27 marcas, sendo duas exclusivas masculinas e seis mistas, apresentaram suas apostas para a próxima temporada no Parque Villa Lobos, dentro da programação do São Paulo Fashion Week.

Além das tendências, os estilistas de moda masculina estão mostrando o amadurecimento do setor em termos de propostas, tecidos e acabamentos. Saiba mais sobre eles e quais são as suas principais características de estilo.

Os autorais: Alexandre Herchcovitch, João Pimenta, Amapô

Na moda, chamamos de autorais aqueles estilistas que podemos reconhecer na sua trajetória, a originalidade nas suas criações ou nas interpretações pessoais das tendências de cada temporada. Geralmente, eles estão destinados a uma fatia específica do mercado.

Alexandre Herchcovitch é considerado por muitas editoras e jornalistas de moda, como um dos mais importantes no cenário brasileiro. Ele fez seu primeiro desfile em 1994, no Phytoervas Fashion. Depois de desfilar em Londres e Paris, em 2004, passou a fazer parte da semana de moda de Nova York. É o único estilista a estar em todas as edições do SPFW, desde sua criação em 1996, quando o evento se chamava Morumbi Fashion. Desde 2008, quando se associou à InBrands (empresa de investimentos em Moda e Consumo), vem passando por um processo de reposicionamento no mercado. Hoje, conta com as linhas feminina e masculina, chamada Herchcovitch:Alexandre, e outra voltada para o jeans, só com seu sobrenome, mais acessível e que desfila no Fashion Rio. Modelagens inovadoras e uma constante desconstrução e construção dos aspectos da alfaiataria e de peças esportivas são suas principais características.

João Pimenta é um estilista autodidata, que fez sua estreia em 2004 na Casa de Criadores, por onde desfilou por cinco anos até passar a integrar o SPFW, em 2010. Entre as características de sua trajetória estão a investigação de novas soluções para alfaiataria, a questão de gênero, revendo os padrões de masculino e feminino, e o desenvolvimento de tecidos exclusivos. Desde sua coleção de Verão 2013, o estilista vem investindo em desfiles com “pegada” mais comercial e, ao mesmo tempo, passou a atender os clientes em sistema de roupas sob medida. Nesta temporada, desenvolveu uma coleção cápsula com a marca West Coast, inspirada no estilo “worker” (trabalhador, em inglês). A novidade é resultado de um projeto de colaboração inédito, com seis looks compostos por peças variadas de vestuário, entre camisas, calças e bermudas, além dois modelos de bota.

A Amapô, marca de Pitty Taliani e Carolina Gold, tem uma das menores estruturas entre as marcas que desfilam na semana de moda paulistana, sem loja própria. A marca foi criada em 2004 e fez seu primeiro desfile no Amni Hot Spot, responsável pelo surgimento de jovens talentos até 2008. No mesmo ano, foram convidadas a participar do SPFW. Tem entre seus fãs, a consultora de estilo e empresária, Costanza Pascolato, além dos fiéis amigos do mundo da moda, que comparecem em peso em seus desfiles. Irreverência, estampas coloridas e uma moda alternativa com muita atitude podem definir o estilo delas. Depois de pular a edição passada, voltaram com uma coleção mais comercial, com excelentes peças em jeans para os homens.

A renovação da moda jovem masculina: Jeziel Moraes e Igor de Barros

Se Herchcovitch e Pimenta dão seu nome e cara para suas marcas, outros fazem parte de equipes de estilo, num posto mais anônimo, como é o caso de Jeziel Moraes, para a Colcci, e Igor de Barros, para a Triton. A contratação de estilistas conceituados para grandes marcas não é novidade no Brasil, mas é importante citá-los para que possamos entender como funcionam as engrenagens da moda.

Jeziel Moraes assumiu o cargo de estilista masculino na Colcci em 2010 e é um dos responsáveis pelas melhores coleções da marca até o momento.  Ele já foi da Ellus, teve marca própria durante cinco anos e chegou a desfilar no Phytoervas Fashion, em 1996, e na Casa de Criadores em 1998, 2000, 2002 e 2003. Seu estilo é baseado na alfaiataria casual e, apesar de trabalhar em uma grande marca comercial, focada nas grandes tendências internacionais, consegue avançar em peças como os atuais blazers com padronagens, camisas com estampas espertas e silhueta mais justa.

Igor de Barros já passou pela V.Rom e Cavalera (2004-2013) e, em fevereiro de 2013, assumiu o cargo de estilista chefe do masculino na Triton. Sua marca é uma alfaiataria jovem, desconstruída e que começa a aparecer nesta primeira coleção para sua nova casa. Construções inovadoras para o blazer, mistura de diferentes tecidos em uma mesma peça, resultando em construções gráficas, injetaram sangue novo para a Triton.

Direção criativa no comando do estilo

Eles não são necessariamente estilistas, mas comandam equipes de estilo e têm a palavra final sobre as criações: Adriana Bozon (Ellus), Alberto Hiar (Cavalera) e Oscar Metsavaht (Osklen) são os diretores criativos de suas marcas.

Adriana Bozon, diretora de criação da Ellus, tem uma equipe de criação jovem com estilistas, designers e ilustradores. Passaram pela marca nomes como Karlla Girotto, Giselle Nasser, Fabio Andreoni, Carla Fincato e Rita Wainer, além de Jeziel Moraes. Nesta edição, o cenário escolhido para o desfile foi o Teatro Municipal, mas já fechou a Estação Julio Prestes para um desfile histórico da sua coleção de inverno 2008. A marca é responsável pela excelente pesquisa no desenvolvimento do jeans, seu carro-chefe.

Alberto Hiar é dono e diretor criativo da Cavalera, marca que já teve estilistas como André Lima, Thais Losso, Marcelo Sommer e equipes de estilo que contavam com o talento de Emilene Galende, J. Pig, Catarina Gushiken, Fabiano Grassi, além de Igor de Barros. Seus desfiles em lugares inusitados como Minhocão, às margens do rio Tietê, Galeria do Rock, Estação da Luz, Autódromo de Interlagos e Museu do Ipiranga renderam imagens memoráveis. Sua característica mais marcante é o estilo rock remixado com diferentes influências a cada estação.

Oscar Metsavaht, criador e diretor criativo da Osklen, marca lançada em 1989 e que, desde outubro de 2012, é controlada pela Alpargatas. No SPFW desde 2003, Metsavaht é o melhor "homem-propaganda" de sua grife, com seu ar "cool", elegante e esportista (três características do estilo da linha fashion da marca). Além disso, é fundador e presidente do Instituto E, organização não-governamental focada em promover os princípios do desenvolvimento humano sustentável. A coleção de Inverno 2014 foi direto ao ponto e teve o futebol como inspiração, tendo em vista a Copa do Mundo. 

Topo