Moda

Boné deixa as tribos e vira acessório de moda bom para o verão

Getty Images
Os bonés podem ser usados de várias maneiras por homens de diferentes estilos e idades, como mostram Justin Bieber, Patrick Dempsey e Steven Spielberg imagem: Getty Images

Ricardo Oliveros

Do UOL, em São Paulo

O boné começou a fazer sucesso entre jogadores de beisebol, skatistas, rappers, roqueiros, e é identificado como um dos elementos mais fortes da moda relacionada com a cultura de rua. Hoje, estão mais democráticos, saindo de nichos específicos, e são ótimos acessórios para proteger a cabeça do sol com muito estilo.

Existem duas histórias sobre a invenção do boné. Uma delas é que, por volta de 1800, um açougueiro inglês criou um chapéu com aba frontal e regulagem na parte traseira. Outra diz que, em 1869, o Brooklyn Excelsiors, time de beisebol americano, adotou o acessório para proteger os olhos do sol.

Nos anos 1980, a peça deixou de ser apenas um item esportivo e começou a frequentar as cabeças de tribos urbanas como skatistas e rappers. Em vinte anos, o boné saiu dos guetos e hoje não só jovens, mas homens adultos adotaram a peça. O mercado disponibiliza vários modelos, entre os principais estão os de aba reta, os de aba curva, e os abertos na parte traseira.

O modelo mais popular entre jovens do mundo todo hoje é o de aba reta. O sucesso trouxe ainda um detalhe: selos holográficos que garantem a autenticidade das marcas mais famosas passaram a ser item obrigatório nas peças. Virou moda deixar os selos como um cartão de visitas de que aquele boné é do bom. Uma das histórias sobre a origem da tendência vem dos anos 1990, com os rappers que não tinham muito dinheiro e compravam “bonés de marca” para fazer um show, por exemplo, e no dia seguinte voltavam às lojas para devolver a peça e pegar o reembolso da troca. Esse fato fazia com que eles não retirassem os selos e até as etiquetas. Outros acreditam que é para mostrar o poder de compra de uma peça original e não uma cópia sem valor.

O boné de aba curva é mais democrático, já que pode ser usado por homens mais velhos, sem ficar com cara de “tiozão” querendo parecer jovem. Bom para usar durante o dia, na praia, no clube, de maneira esportiva, ou com camiseta, bermuda e calça jeans, de forma casual. Este modelo é o preferido de roqueiros, e artistas como Justin Timberlake e Ashton Kutcher, por exemplo, e remete aos modelos usados pelos jogadores de beisebol.

O tipo de abertura também define os diferentes modelos. O “snapback” tem ajuste na parte traseira, o que permite o encaixe em qualquer formato de cabeça. Os modelos com tela na parte de trás, conhecidos por “trucker” (caminhoneiro, em inglês), são ótimos para circular o ar e não esquentar tanto a cabeça em dias mais quentes.

Se você se preocupa com a calvície e acha que o boné pode ajudar a perder seus preciosos fios, saiba que isso é mito. Por outro lado, é importante deixar o couro cabeludo respirar, para não aumentar a oleosidade e o aparecimento de caspa. A coisa é simples: a cada hora, deixe a cabeça livre por cinco minutos e seque bem o cabelo antes de usar o acessório. 

Topo