Moda

Carnavalesco da Vai-Vai ensina a customizar camiseta branca para a folia

Junior Lago/UOL
Para pular o Carnaval, você pode transformar uma simples camiseta branca em um abadá, que deixa os ombros à mostra e dá brilho ao look imagem: Junior Lago/UOL

Caroline Pereira

Do UOL, em São Paulo

Além da festa em blocos e micaretas, o carnaval é uma época que possibilita diversão também no quesito fashion. O universo fantasioso de uma das maiores festas populares permite que a imaginação corra livremente para criar fantasias ou looks que vão do casual ao totalmente alegórico.

O espírito do faça-você-mesmo fica em alta nesta época. Construir fantasias completas ou customizar peças do guarda-roupa são um ponto extra na folia. Pensando nisso, o UOL convidou o carnavalesco da Escola de Samba Vai-Vai, Chico Spinoza, para transformar uma camiseta branca básica em peça-chave para a festa.

“Meu carnaval é Vai-Vai, preto e branco, mas se a pessoa gosta de cores é só incrementar”, explica. O grande truque para montar uma blusa feita para durar poucos ou apenas um dia é usar cola quente ou cola de pano/sapateiro (evite as de cianoacrilato que podem danificar acessórios de plástico). Ela funciona muito bem, uma vez que torna o trabalho mais simples, rápido e não exige habilidades com agulha e linha.

Outra dica é pensar no conceito geral da peça e ser criativo na hora de buscar adereços. “Lojas de armarinho oferecem toda sorte de miçangas, contas, tiras, retalhos, paetês. É só saber pensar em como usá-las de maneira criativa”, diz Spinoza. Lojas de fantasia também oferecem possibilidades. “Eu compro praticamente tudo na 25 de Março”, acrescenta ele, em referência à rua paulistana famosa pelo comércio popular.

Uma dificuldade para quem não entende de costura é deixar as peças customizadas com um acabamento bem feito. Os galões (tiras de paetê, peças de plástico, metal ou outros materiais) aplicados sobre o corte da tesoura escondem as imperfeições. Para facilitar a simetria dos recortes, Chico indica a técnica de espelhar os lados, primeiro corta-se uma manga, o retalho, então, serve como molde para o outro lado.
Para cortes arredondados o truque é cortar a metade, dobrar e  usar o pedaço que já está solto como molde para o outro lado. Um lápis ou caneta também ajudam a esboçar os cortes e definir melhor o conceito da decoração da peça. Caso a roupa seja escura, substitua por giz.

Topo