Moda

Oscar tem tapete vermelho sem ousadias e destaque para os homens

Getty Images
A discrição tomou conta das famosas e ficou nítida com a preferência por uma cartela de cores predominantemente clara, como nos looks de Cate Blanchett, Angelina Jolie e Jessica Biel imagem: Getty Images

Fernanda Schimidt

Do UOL, em São Paulo

A grande atenção recebida pelos tapetes vermelhos atualmente e o maior acesso à informação de moda têm tido um efeito contrário ao que se podia esperar dos looks das famosas: para os fãs de moda, as premiações mais importantes do mundo ficaram um tanto sem graça e previsíveis.

Nesta edição 2014 do Oscar, com cerimônia realizada no domingo (2) em Los Angeles, a ousadia passou longe das escolhas de indicadas a estatuetas e apresentadoras da noite. O impacto negativo que um deslize fashion pode ter na imagem de uma celebridade, tão trabalhada e lapidada por uma equipe de relações públicas, tornou-se alto demais, especialmente quando se leva em consideração os gastos com stylists e profissionais de beleza ou futuros lucros com publicidade associada ao mercado de luxo. Soma-se a isso contratos de exclusividade que algumas estrelas possuem com grandes grifes, e o resultado é um tapete vermelho engessado, marcado por escolhas seguras.

A discrição tomou conta das famosas e ficou nítida com a preferência por uma cartela de cores predominantemente clara, por vezes pálida sobre peles que fogem dos raios solares. Branco, bege e rosados foram acompanhados por brilho nos looks de Angelina Jolie, Cate Blanchett, Jennifer Garner, Jessica Biel e Naomi Watts. Mesmo em cores mais fortes, a opção foi por tons fechados e poucos chamativos, com destaque ao azul marinho, presente nas escolhas de Amy Adams e Sandra Bullock, esta menos minimalista do que aquela, mas ambas com ar elegante e de seriedade.

O clássico preto foi a aposta certeira de nomes como Charlize Theron, Karen O e Olivia Wilde. Enquanto que as cores mais chamativas foram representadas por Jennifer Lawrence (vermelho de corte minimalista), Gabourey Sidibe (roxo inteiro bordado) e Viola Davis (verde perolado). A revelação Lupita Nyong’o, que se tornou uma das favoritas das editoras de moda por seus looks com personalidade e cores fortes, preferiu um fluido azul claro para a cerimônia em que foi eleita a melhor atriz coadjuvante.

Uma das propostas recorrentes em grandes eventos, as rendas se destacaram pouco, aparecendo nas produções de Julia Roberts (preto) e Ireland Baldwin (vinho).

Maduras e estilosas

Artistas veteranas como Bette Midler, Glenn Close e Meryl Streep apresentaram boas opções para as mulheres maduras (ou não), mostrando que não há motivos para deixar o estilo de lado após os 60 anos de idade. Com longo rendado vermelho, Bette deixou parte do colo à mostra, com um decote apropriado à formalidade do evento. Apesar de Meryl ter escolhido uma blusa com meia manga, a peça trazia movimento e deixava um dos ombros à mostra, em uma elegante combinação de preto e branco, fugindo dos vestidos básicos. Já Glenn investiu na sobriedade de um vestido estruturado, com textura e justo na parte de cima, complementado por uma pequena -- e quase imperceptível -- sobreposição de mangas compridas.

Homens

  • Getty Images

    Enquanto as escolhas meninas foram pautadas pela segurança, alguns homens investiram na ousadia, com destaque para Jared Leto, Kevin Spacey e Pharrell Williams

Um respiro agradável em meio à mesmice que prevaleceu no tapete vermelho surgiu nos trajes masculinos, normalmente pautados por peças tradicionais como o fraque e o terno (conjunto de paletó, calça e colete). Os homens mostraram que formalidade não tem relação direta com a obviedade quando o assunto é moda para o Oscar.

Os premiados Jared Leto e Matthew McConaughey combinaram com a escolha do paletó claro de um botão usado com camisa branca e calça e sapatos pretos. Enquanto Leto optou pela gravata borboleta vermelha, McConaughey preferiu a mais discreta preta, porém complementou o visual com uma camada adicional preta, entre a camisa e o paletó.

Alternativas ao paletó preto também foram vistas nos looks de Chris Hemsworth, de vinho com colete na mesma cor, e Kevin Spacey, em conjunto azul marinho.

O mais ousado, no entanto, foi Pharrell Williams. Após fazer sucesso com um grande chapéu no Grammy, o cantor e produtor musical trouxe uma alternativa mais fresca aos trajes formais, com o uso da bermuda. Vale lembrar que a peça está em alta, principalmente no Brasil, após um movimento popular a favor das calças curtas dentro do ambiente de trabalho durante o verão.

Topo